fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/del_potro/1031_paris_rebate_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/del_potro/1031_paris_rebate_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
Delpo diz que capitão quer prejudicar sua imagem
15/11/2013 às 16h27
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2013/del_potro/1031_paris_rebate_int.jpg" title="Del Potro diz que nunca foi ouvido pela federação" />

Del Potro diz que nunca foi ouvido pela federação

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Buenos Aires (Argentina) - O clima entre Juan Martín del Potro e o capitão argentino, Martín Jaite, está pior do que nunca. O número 5 do mundo afirmou que não participará do confronto contra a Itália, pela primeira rodada da Copa Davis de 2014, e acusou Jaite de querer prejudicar sua imagem diante do público de seu país.

Em carta para Arturo Grimaldi, presidente da Federação Argentina, e Jaite, Del Potro foi contundente. "Neste tempo eu não os respondi porque estive concentrado nos torneios que disputei até o fim do ano e não quis tomar decisões apressadas. Também porque estou cansado de ser convocado por email ou mensagens, ao mesmo tempo em que vocês me pressionam pela imprensa, dando entrevistas sobre a minha participação, tentando me deixar mal frente à opinião pública", escreveu.

"Isso me parece um discurso hipócrita. O mesmo aconteceu ano passado, quando qualquer resposta (a uma convocação) era rapidamente conhecida pelos repórteres", acrescentou Del Potro. Jaite já 'alfinetou' o jogador diversas vezes publicamente por demorar a informar sua decisão sobre um confronto ou não ser claro sobre suas lesões.

Del Potro também alegou que suas ideias não são valorizadas pelos comandantes do tênis argentino. "Nunca fui consultado na decisão do capitão, sobre pisos, sedes e, na única vez em que fui, contra a República Tcheca em 2012, não consideraram o que falei", disparou.

Por fim, Del Potro justificou sua ausência no próximo duelo. "Desde que jogo a Davis, participei só uma vez da primeira rodada, por causa do calendário e do piso. Nos últimos dias, analisamos a situação com minha equipe física, técnica e médica em pouco tempo, devido à urgente resposta que vocês precisam. Não estarei no confronto contra a Itália", finalizou o argentino, cuja última participação na Davis foi na semifinal de 2012.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series