fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Lukas Rosol, Roland Garros, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Lukas Rosol, Roland Garros, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Lukas Rosol, Roland Garros, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0506_madri_cumprimenta_peya_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0506_madri_cumprimenta_peya_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Soares e Peya começam com boa vitória em Paris
28/05/2014 às 07h48
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0506_madri_cumprimenta_peya_int.jpg" title="Soares e Peya jogam segundo Roland Garros consecutivo" />

Soares e Peya jogam segundo Roland Garros consecutivo

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Com a missão de marcar o primeiro grande resultado no saibro europeu e também defender as semifinais do ano passado, o mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya tiveram boa estreia na edição 2014 de Roland Garros. Cabeças de chave 2, eles superaram o dueto formado pelo uzbeque Denis Istomin e o tcheco Lukas Rosol, por 7/5 e 6/4.

"Não foi nada fácil, estreia sempre é jogo perigoso", avaliou Soares. "A gente tenta ser ofensivo, que é nosso jogo, mas eles pegavam pesado na bola. A estratégia foi ser sólido no fundo e atacar na hora certa. O importante foi que entramos em quadra tranquilos".

Na segunda rodada, eles enfrentarão quem passar de Andre Begemann/Robin Haase e os convidados locais Fabrice Martin/Hugo Nys e assim são candidatos ao encontro com os finalistas do Australian Open deste ano, o norte-americano Eric Butorac e o sul-africano Raven Klaasen.

Historicamente, Bruno sempre teve boas campanhas no saibro francês. Logo na estreia, em 2008, foi até as semifinais ao lado do sérvio Dusan Vemic e nos dois anos seguintes atingiu as quartas, com Kevin Ullyett e Marcelo Melo.

A partida de estreia foi equilibrada. Soares e Peya precisaram de paciência no primeiro set, já que os games, ainda que longos, sempre acabavam com os sacadores. A devolução da dupla do brasileiro acabou por se impor no 12º game, no saque de Istomin, que valeu também a parcial.

A segunda série poderia ter sido mais tranquila. Istomin novamente falhou no saque e Soares/Peya abriram 3/1. Mas vacilaram pela primeira vez, Peya perdeu o serviço e o empate veio no sexto game. Contando com falhas de Rosol, acabaram fechando na terceira oportunidade.

Com isso, o tênis brasileiro manteve seu aproveitamento perfeito na primeira rodada, com quatro vitórias em quatro jogos. O último a estrear será Melo, ainda nesta quarta-feira, jogando ao lado do israelense Jonathan Erlich.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series