fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Yaroslava Shvedova, Alexander Peya, Roland Garros, mistasCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Yaroslava Shvedova, Alexander Peya, Roland Garros, mistasCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Yaroslava Shvedova, Alexander Peya, Roland Garros, mistastênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0220_rio_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0220_rio_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Shvedova ajuda Soares a fechar o dia com vitória
30/05/2014 às 15h11
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bruno_soares/0220_rio_vibra_int.jpg" title="Bruno se recuperou após eliminação nas duplas" />

Bruno se recuperou após eliminação nas duplas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Depois da amarga eliminação na chave de duplas, o mineiro Bruno Sores teve que voltar às quadras para fazer sua estreia na chave de duplas mistas. Ao lado da cazaque Yaroslava Shvedova, ele conseguiu salvar o dia e fechou a sexta-feira com vitória, que veio de forma suada, apenas no match-tiebreak com placar final de 6/3, 5/7 e 10-6 sobre o britânico Jamie Murray e a australiana Casey Dellacqua.

Cabeças de chave número 3, Soares e Shvedova terão pela frente o casal da casa Alize Lim e Jeremy Chardy. Os namorados franceses estrearam com vitória em sets diretos sobre os compatriotas Mathilde Johansson e Adrian Mannarino, com parciais de 7/5 e 6/3, depois de 68 minutos de confronto.

O mineiro reconheceu que Shvedova foi importante para ajudá-lo a vencer nesta sexta. “Ela conseguiu segurar o jogo hoje que eu estava um pouco pesado, devagar com as pernas”, declarou o mineiro, que agora quer focar nas mistas. “Não tem jeito o que faze, o negócio é focar na mista, que é que tem agora. Quem sabe não vem mais um caneco”, observou Bruno, que também falou sobre a eliminação nas duplas.

“O jogo foi complicado, faltou sorte. Dominamos boa parte, mas esporte é assim, você pode perder ou ganhar.  Toda vez que entramos em quadra tentamos ganhar e foi isso que fiz depois nas mistas, mesmo sem jogar o meu melhor”, finalizou Bruno, que viu o parceiro austríaco Alexander Peya também vencer nas mistas.

Ao lado da norte-americana Abgail Spears, o austríaco fez valer a condição de principais favoritos e derrubaram o casal Iveta e Jurgen Melzer com parciais de 6/4 e 6/2. Na segunda rodada, eles terão pela frente o mexicano Santiago Gonzalez e a espanhola Arantxa Parra, que passaram pelo australiano John Peers e pela norte-americana Lisa Raymond com 7/6 (7-2) e 6/2.

Campeões no ano passado, a francesa Kristina Mladenovic e o canadense Daniel Nestor também passaram pela estreia, derrubando a taiwanesa Hao-Ching Chan e o bielorrusso Max Mirnyi com parciais de 7/6 (7-1) e 6/4. Agora, eles terão pela frente a norte-americana Raquel Kops-Jones e o sul-africano Raaven Klasen.

Últimas notícias
Comentários