fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Carla Suarez Navarro, Angelique Kerber Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Carla Suarez Navarro, Angelique Kerber Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Eugenie Bouchard, Carla Suarez Navarro, Angelique Kerber tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0601_rolandgarros_punhocerrado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0601_rolandgarros_punhocerrado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Bouchard: 'Circuito não é lugar para ter amigas'
01/06/2014 às 12h24
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/bouchard/0601_rolandgarros_punhocerrado_int.jpg" title="Bouchard enfrenta Suárez nas quartas de final" />

Bouchard enfrenta Suárez nas quartas de final

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) – Já classificada para as quartas de final de Roland Garros, Eugenie Bouchard afirmou neste domingo que não tem melhores amigas no vestiário. A canadense acredita que o ambiente esportivo não favorece um relacionamento amigável entre as jogadoras e prefere se concentrar na sua própria carreira.

“Não tenho uma melhor amiga no circuito. Não acho que seja um lugar para ter amigas”, afirmou Bouchard, que era próxima da britânica Laura Robson há alguns anos. “Para mim, é tudo uma competição. Acho que é importante lembrar que você vai enfrentar essas jogadoras. Não somos companheiras de equipe”, acrescentou.

Bouchard eliminou com facilidade a alemã Angelique Kerber nas oitavas de final e não se surpreendeu com o resultado. “Estou confiante, acredito no meu talento. Sei que posso vencer as melhores do mundo. Ela é top 10, eu a respeito. Mas estava pronta mentalmente para lutar. Esta atitude me ajuda a fazer o que preciso em quadra. Lutei pelas bolas”, analisou.

“Acho que meu jogo melhorou muito desde o início do ano. Estou em outro nível, nos treinos e jogos. Mesmo não estando no meu melhor dia, sei que posso jogar mais. Hoje, deu certo o plano de tomar a frente rápido”, comentou a jogadora de 20 anos, que ocupa a 16ª colocação do ranking mundial.

A canadense terá pela frente nas quartas a espanhola Carla Suárez Navarro, que está uma posição acima dela no ranking. “Vou encarar o jogo da mesma maneira, confiante, e tentar fazer o melhor e me adaptar em relação à adversária, mas focada no meu jogo”, garantiu Bouchard, que não tem usado os dias de folga para passear: “Quero só descansar. Estamos em um Slam, quero guardar energia para os meus jogos. Já estive em Paris muitas vezes e fiz bastante turismo”.

“Toda noite eu tenho dificuldade para achar restaurantes. Eu pressiono minha mãe e meu treinador para acharem um bom, porque minha tolerância para andar é de poucos metros. Temos que pegar o táxi e, ainda sim, não quero que seja longe. Sou complicada para escolher”, revelou a revelação canadense.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series