fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Wimbledon , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Wimbledon , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Wimbledon , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0621_wim_combecker_int.png" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0621_wim_combecker_int.png" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Djokovic garante que o punho não vai atrapalhar
21/06/2014 às 13h32
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0621_wim_combecker_int.png" title="Djokovic conversa com Becker durante treinamento" />

Djokovic conversa com Becker durante treinamento

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - O sérvio Novak Djokovic, elevado à condição de cabeça 1, afastou qualquer preocupação com o punho direito, contusão que se manifestou em abril. O número 2 do mundo afirmou que a retirada da partida de exibição que deveria ter feito na quinta-feira foi apenas por precaução. Sua estreia em Wimbledon está marcada para esta segunda-feira contra o cazaque Andrey Golubev.

"Não estou sentindo dor no momento, mas a troca de superfíceis, especialmente do saibro para a grama, acabou me dando uma sensação estranhanos primeiros dias", contou o campeão de 2011 e atual finalista do torneio. "Mas agora etá tudo bem, e tomara que permaneça assim".

Djokovic lembrou que nunca havia sentido problema no punho até dias antes de jogar em Monte Carlo. "Joguei lá em situação bem pouco usual, sentindo muito dor. Decidi então não competir em Madri, o que se mostrou uma atitude acertada, já que pude jogar em Roma e em Roland Garros sem qualquer incômodo".

O sérvio garantiu que os dias de descanso que teve após a final de Roland Garros foram importantes para ter uma preparação adequada para Wimbledon. "Paris geralmente me tira muito na parte emocional, e esse tem sido o motivo que não joguei torneios preparatórios na grama nos últimos anos. Tive uma longa temporada no saibro e foi importante tirar quatro ou cinco dias de folga para tirar o tênis da cabeça. Isso ajuda muito, porque é preciso balancear as coisas e tentar recarregar as energias. Fiz isso e então muito motivado para Wimbledon".

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series