fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Aljaz Bedene, Andrey Kuznetsov, Rafael Nadal, Australian OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Aljaz Bedene, Andrey Kuznetsov, Rafael Nadal, Australian OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Aljaz Bedene, Andrey Kuznetsov, Rafael Nadal, Australian Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0120_ausopen_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0120_ausopen_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
'Quadras estão mais rápidas', avalia Djokovic
20/01/2015 às 07h14
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0120_ausopen_back_int.jpg" title="Djokovic terá pela frente o russo Andrey Kuznetsov" />

Djokovic terá pela frente o russo Andrey Kuznetsov

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - O sérvio Novak Djokovic iniciou sua campanha no Australian Open nesta terça-feira com uma vitória tranquila sobre o esloveno Aljaz Bedene, que só deu mais trabalho ao número 1 do mundo no começo da partida. Para o tenista de Belgrado, o bom momento do rival e a velocidade das quadras no Melbourne Park foram fatores que contribuíram para isso.

“Ele furou o quali em Chennai e foi à decisão, depois furou o quali aqui e vinha com muita confiança”, opinou o sérvio em relação ao seu primeiro rival. “O começo foi lento, com um desempenho não muito bom pelo meu lado, permitindo algumas chances de quebra. A partida poderia ter ido para outro lado no primeiro set”, comentou Djokovic.

Para o número 1 do mundo, a velocidade das quadra acabou ajudando Bedene no começo. “No começo, eu estava lhe assistindo e acabei surpreendido. Tive dificuldade de ler seus serviços. As quadras estão mais rápidas nos últimos dois anos do que antes disso”, declarou o sérvio, que terá pela frente o russo Andrey Kuznetsov, algoz do espanhol Albert Ramos com parciais de 6/1, 3/6, 6/3 e 7/6 (7-3).

“Prefiro quadras não tão rápidas, com uma velocidade na média. Mas estamos nos adaptando a elas e é algo que temos que aceitar”, avaliou o sérvio, que apesar de não ter largado tão bem, depois que entrou no jogo não deu chances a Bedene. “O Australian Open tem sido muito bom comigo, é meu Grand Slam de maior sucesso e onde tenho mostrado um grande tênis nestes anos”, disse.

Outro ponto que atrapalhou ‘Nole’ foi uma gripe que atrapalhou sua preparação. “Não tive semanas ideais em relação à saúde e preparação, mas o problema está passando e tenho encontrado como deixá-lo para trás. Acredito que estarei melhor na próxima rodada”, comentou o número 1 do mundo.

Jogando seu primeiro Grand Slam como pai, Djokovic reforçou a felicidade que tem com o filho Stefan. “Posso dizer que foi a coisa mais legal que aconteceu para mim e minha esposa. Eles não estão comigo, por isso tento manter o contato. A tecnologia ajuda bastante nestes dias, você fica conectado e consegue ver cada coisa”.

Um dos principais candidatos ao título, o sérvio comentou também o discurso do espanhol Rafael Nadal, que afirmou não estar ainda preparado para vencer. “Não sei o que ele quer com isso e nem como se sente, mas definitivamente ele é sempre um dos principais favoritos. Não há dúvidas quanto a isso”, finalizou o líder do ranking.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series