fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Fernando Verdasco, Gilles Muller, John Isner, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Fernando Verdasco, Gilles Muller, John Isner, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Fernando Verdasco, Gilles Muller, John Isner, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0124_ausopen_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0124_ausopen_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Djokovic avança e enfrenta sacador luxemburguês
24/01/2015 às 08h46
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/djokovic/0124_ausopen_vibra_int.jpg" title="Djokovic está nas 8as pela nona vez seguida no torneio" />

Djokovic está nas 8as pela nona vez seguida no torneio

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - O sérvio Novak Djokovic carimbou sua vaga para as oitavas de final do Australian Open com mais uma firme vitória. Neste sábado, o número 1 do mundo teve pela frente o espanhol Fernando Verdasco, que até complicou um pouco no primeiro set, mas não manteve o ritmo até o fim e acabou derrotado mesmo por 3 a 0, caindo com parciais de 7/6 (10-8), 6/3 e 6/4, após 2h21 de confronto.

Esta foi a sétima vitória de Djokovic sobre Verdasco em 11 duelos. Na próxima rodada, o sérvio vai medir forças com o veterano luxemburguês Gilles Muller, que superou a batalha de saques com o norte-americano John Isner em sets diretos, sendo dois tiebreaks, com placar final de 7/6 (7-4), 7/6 (8-6) e 6/4, em 2h13 de partida. Será a primeira vez que o sérvio e o luxemburguês irão se enfrentar.

Já com seus 31 anos de idade, Muller em grande fase, ocupando atualmente sua melhor colocação da carreira no ranking da ATP, a 42. Neste começo de 2013, o luxemburguês fez quartas em Chennai e foi até as semifinais em Sydney. No embate de sacadores com Isner, ele anotou 24 aces contra 30 do norte-americano, mas não foi quebrado uma vez sequer e aproveitou uma das seis chances que teve.

O duelo do sérvio com Verdasco começou muito complicado para Djokovic, que só foi definir o primeiro set no tiebreak, fechando a parcial apenas na quarta oportunidade que teve. E o equilíbrio se manteve igual nos dois sets seguintes, em que o número 1 do mundo fez valer sua maior consistência com mais bolas vencedoras (43 a 38) e menos erros não forçados (24 a 50) do que o rival.

No segundo set, a quebra favorável ao tenista d Belgrado veio no começo e ele de cara saiu com 3/0. Djokovic ainda salvou três break-points logo após a quebra, saindo de 0-40 no terceiro game, e depois disso não passou por mais apuros e rumou confortavelmente à ampliação da vantagem.

Verdasco não desistiu mesmo estando dois sets atrás, só que não teve forças pra buscar algo mais contra o sérvio e não conseguiu incomodá-lo uma vez sequer no terceiro set. Sem enfrentar uma chance sequer de quebra contra, Djokovic desperdiçou as duas primeiras oportunidades que teve, no terceiro game, mas no quinto teve mais duas e aproveitou a segunda, que foi o suficiente para levá-lo ao triunfo na parcial e no jogo.

Com a vitória sobre o canhoto madrilenho, Djokovic manteve seu ótimo retrospecto contra espanhóis que não se chamam Rafael Nadal. Desde novembro de 2011, ele perdeu apenas uma vez para rivais daquele país, caindo no Masters 1000 de Cincinnati, no ano passado, diante do experiente Tommy Robredo. Do outro lado, Verdasco continua sem conseguir derrotar um número 1 do mundo, perdendo nas 10 oportunidade que teve.

Últimas notícias
01h58
Comentários