fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Dominika Cibulkova, Victoria Azarenka, Serena Williams Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Dominika Cibulkova, Victoria Azarenka, Serena Williams Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Dominika Cibulkova, Victoria Azarenka, Serena Williams tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/cibulkova/0126_ausopen_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/cibulkova/0126_ausopen_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Corajosa, Cibulkova supera Azarenka em três sets
26/01/2015 às 00h31
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/cibulkova/0126_ausopen_vibra_int.jpg" title="Cibulkova foi vice-campeã em Melbourne em 2014" />

Cibulkova foi vice-campeã em Melbourne em 2014

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) – A atual vice-campeã do Australian Open mostrou agressividade e atitude para derrubar uma bicampeã do torneio nas oitavas de final: a eslovaca Dominika Cibulkova eliminou a bielorrussa Victoria Azarenka com parciais de 6/1, 3/6 e 6/3 nesta segunda. A “baixinha” aguarda no próximo jogo a vencedora do duelo entre a norte-americana Serena Williams e a espanhola Garbiñe Muguruza.

Cibulkova disputa esta edição do Australian Open pressionada por tentar defender o ótimo resultado que teve em 2014. A número 10 do mundo pelo menos já garantiu que permanecerá no top 20 com o triunfo diante da ex-líder do ranking. Após se tornar a primeira eslovaca a fazer uma final de Slam, Cibulkova não teve resultados expressivos no resto da temporada.

Já Azarenka viu sua sequência de três quartas de final consecutivas em Melbourne acabar e não conseguirá dar um salto significativo no ranking (ela é a atual 44ª). A bielorrussa sofreu com lesões em 2014 e jogou apenas nove torneios na temporada passada.

Azarenka conquistou a primeira quebra da partida, mas foi Cibulkova quem deu show no set inicial. A eslovaca jogou seis games praticamente perfeitos, virando um 0/2 para 6/2. Com 21 winners em 35 minutos, Cibulkova sufocou a bielorrussa, buscando as linhas, principalmente explorando a paralela. Azarenka também contribuiu com saques aquém da média.

O ritmo de Cibulkova diminuiu no segundo set. Azarenka buscou mais o ataque e a rede, e obteve resultado: ganhou duas quebras de saque e abriu 5/2. A bielorrussa falhou ao servir para o set, mas a eslovaca colaborou ao não confirmar no game seguinte.

Assim como no set inicial, Azarenka saiu na frente e não manteve a vantagem. A bielorrussa viu um 2/0 virar 3/3, perdendo o serviço duas vezes, e deu adeus ao sonho do tricampeonato. As duas jogadoras cometeram 29 erros não-forçados, mas Cibulkova anotou 44 winners, 12 a mais do que a ex-número 1 do mundo.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series