fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Na Li, Marin Cilic, Serena Williams, Roger FedererCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Na Li, Marin Cilic, Serena Williams, Roger FedererCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Na Li, Marin Cilic, Serena Williams, Roger Federertênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/topspin/djokovic_laureus_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/topspin/djokovic_laureus_int.jpg" />
Notícias | Top Spin
Djokovic e Na Li são premiados no Laureus
15/04/2015 às 11h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/topspin/djokovic_laureus_int.jpg" title="Djokovic recebeu o Laureus pela segunda vez" />

Djokovic recebeu o Laureus pela segunda vez

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Xangai (China) - Líder do ranking mundial, Novak Djokovic conseguiu mais uma importante premiação individual. O sérvio ganhou pela segunda vez o Laureus, considerado o Oscar do Esporte, como o Melhor Atleta do Ano em 2014. O sérvio já havia recebido tal honraria há três anos, depois de seu espetacular 2011.

"Esta é provavelmente a coroação da minha temporada 2014 que teve como destaques o título de Wimbledon, a volta à liderança do ranking e o nascimento do meu filho", disse Djokovic, de Monte Carlo, onde recebeu o troféu.

"Foi provavelmente o melhor ano da minha vida", acrescentou o sérvio, que em 2014 conquistou sete títulos, venceu 61 jogos e perdeu apenas 8. Ele desbancou Cristiano Ronaldo e o golfista Rory McIlroy.

A cerimônia realizada na China também ficou marcada por homenagens a dois ídolos. Na Li, que encerrou sua carreira no tênis em setembro recebeu o Achievement Award, em referência à toda a carreira e o enorme crescimento do esporte na China. Já o ex-jogador de basquete Yao Ming recebeu prêmio por Espírito Esportivo e passará a integrar a comissão julgadora.

Na Li ainda concorria ao prêmio de Atleta do Ano no feminino, juntamente com Serena Williams, mas as duas tenistas foram desbancadas pela corredora etíope Genzebe Dibaba, de 24 anos, que quebrou três recordes mundiais em um período de duas semanas, igualando feitos de Jesse Owens e Usain Bolt.

Campeão do US Open, Marin Cilic foi indicado ao prêmio de destaque do ano por ter quebrado a hegemonia do "Big Four", mas ele foi superado pelo piloto australiano de Formula 1 Daniel Ricciardo, que venceu três corridas no ano passado.

Já a equipe da Suíça na Copa Davis, que em 2014 teve Roger Federer e Stan Wawrinka como líderes na inédita conquista, acabou não superando a seleção alemã de futebol. Os Campeões do Mundo no Brasil superaram o Real Madrid, também no futebol, o San Antonio Spurs no basquete e a equipe Mercedes da Fórmula 1.

Últimas notícias
Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis
ProSpin
Wilson
Raquete Mania
Paulistana