fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Renata Voracova, Laura Pous, Grace Min, Roland GarrosCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Renata Voracova, Laura Pous, Grace Min, Roland GarrosCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Renata Voracova, Laura Pous, Grace Min, Roland Garrostênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0514_stgaudens_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0514_stgaudens_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Teliana dá 'pneu' e vai à rodada final do quali
21/05/2015 às 10h35
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0514_stgaudens_fore_int.jpg" title="Cabeça de chave 1 avançou em 1h20 contra Voracova" />

Cabeça de chave 1 avançou em 1h20 contra Voracova

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - A pernambucana Teliana Pereira teve um início arrasador nesta quinta-feira para confirmar o favoritismo na segunda rodada do qualificatório de Roland Garros. A número 1 do Brasil e 77 do mundo avançou no saibro parisiense com direito a “pneu” sobre a tcheca Renata Voracova, 193ª, com parciais de 6/0 e 6/4.

Com a vitória de Teliana, o Brasil poderá ter duas representantes na chave principal de um Grand Slam pela primeira vez em 25 anos. Em 1990, Andrea Vieira e Luciana Corsato competiram, também em Paris. A paulista Beatriz Haddad Maia venceu sua segunda partida e está na rodada final do quali.

A vaga de Teliana, cabeça de chave 1, será decidida contra a espanhola Laura Pous, 205ª da WTA. O único encontro entre elas aconteceu em 2007, no piso duro de Madri, e a pernambucana venceu por 6/1 e 6/0. Nesta quinta, a jogadora de 30 anos derrotou a norte-americana Grace Min, 134ª e cabeça 24, por 6/3 e 6/2, em 1h16.

Teliana largou muito bem e em menos de 15 minutos já tinha duas quebras de frente. Ao sacar em 3/0, a pernambucana foi ameaçada pela primeira vez, enfrentou dois break points e confirmou a larga vantagem. Vencendo menos de 30% dos pontos com o serviço (5 de 17), Voravoca voltou a ser quebrada e o primeiro set terminou em 27 minutos.

O equilíbrio apareceu na segunda parcial com games longos, especialmente no início. Teliana salvou break points em dois games, fez 3/1 e permaneceu no controle. A tcheca ainda se manteve na partida ao confirmar os serviços e jogou a pressão para Teliana sacar para o jogo. A número 1 do Brasil abriu 40-0, viu a rival se recuperar e aproveitou o quarto match point para avançar após 1h20. 

Últimas notícias
Comentários