fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Yoshihito Nishioka, Roland Garros Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Yoshihito Nishioka, Roland Garros Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Yoshihito Nishioka, Roland Garros tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0407_houston_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0407_houston_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Clezar cai para promessa japonesa em Paris
22/05/2015 às 06h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0407_houston_back_int.jpg" title="Gaúcho buscava vaga inédita na chave de um Slam" />

Gaúcho buscava vaga inédita na chave de um Slam

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - O gaúcho Guilherme Clezar não conseguiu furar o qualificatório de Roland Garros para disputar seu primeiro Grand Slam. Nesta sexta-feira, o número 4 do Brasil e 173 do mundo teve chances nos dois sets diante do jovem japonês Yoshihito Nishioka, 149º, mas foi superado por 6/2 e 6/1, em 1h23.

Em sua nona tentativa em um quali de Slam, esta foi a vez que o gaúcho de 22 anos ficou mais perto da vaga inédita. Nesta semana, ele havia passado em sets diretos pelos australianos Banjamin Mitchell e Luke Saville.

Mesmo com três desistências na chave principal até o momento, Clezar não tem chances de entrar como lucky-loser. Ele precisaria de mais desistências e de uma combinação pouco provável na rodada final do quali para ainda sonhar.

Uma das apostas do tênis japonês, Nishioka obteve suas primeiras vitórias em ATP neste ano, avançando duas rodadas em Delray Beach depois de furar o quali. O canhoto de 19 anos também passou pelo quali do US Open em 2014 e agora disputará seu segundo Slam.

Clezar saiu quebrado no segundo game e teve boa chance de se recuperar em dois games de saque seguidos do japonês. O gaúcho empatou por 2/2 e criou quatro break points, mas não aproveitou. Depois dessas oportunidades, o set rapidamente foi para as mãos de Nishioka, que conseguiu outras duas quebras.

A história foi parecida no segundo set. Clezar teve quatro oportunidades de quebra no game inicial e não aproveitou. Nishioka conseguiu duas quebras e praticamente matou a partida ao abrir 5/0. O gaúcho ainda salvou um match point para evitar o “pneu”, mas no game seguinte o japonês confirmou a vitória.

Últimas notícias
Comentários