fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Copa Davis , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Copa Davis , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Copa Davis , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/murray/1124_davis_treina_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/murray/1124_davis_treina_back_int.jpg" />
Notícias | Copa Davis
'Tudo parece bom', diz Murray sobre segurança
24/11/2015 às 15h02
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/murray/1124_davis_treina_back_int.jpg" title="Britânico espera que torcedores viajem até a Bélgica" />

Britânico espera que torcedores viajem até a Bélgica

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Ghent (Bélgica) - Passada a apreensão do final de semana quanto à segurança na Bélgica, os britânicos estão mais à vontade para a decisão da Copa Davis, em Ghent. É o que garante Andy Murray, líder dos visitantes no confronto que começa na sexta-feira.

“Acho que todo mundo da equipe está confortável. É claro que houve um pouco de preocupação há alguns dias. Mas assim que chegamos aqui fomos ao hotel, viemos à arena, vimos como estava. Acho que isso deixou todo mundo mais confortável”, disse o número 2 do mundo nesta terça-feira.

A equipe britânica atrasou a viagem para Ghent em um dia, chegou à cidade na segunda-feira e realizou treinos em dois dias. Murray espera que a decisão não seja afetada após os recentes atentados na França e a ligação de extremistas islâmicos com o país vizinho e que a torcida possa comparecer à cidade de cerca de 250 mil habitantes, que fica a menos de 60 quilômetros da capital, Bruxelas.

“Aqui em Ghent tudo parece bom. É muito quieto, acho que é uma cidade muito legal. Espero que o máximo possível de torcedores possa viajar para nos dar o melhor apoio”, convocou o número 1 dos visitantes.

Além de um título que a Grã Bretanha não conquista desde 1936, Murray está atrás de outras marcas no final de semana. Ele participou de oito dos nove pontos da equipe neste ano – a exceção foi a vitória de James Ward sobre John Isner na estreia. Se vencer dois jogos de simples, ele terminaria com 8-0 na competição, algo que apenas John McEnroe, em 1982, e Mats Wilander, em 1983, conseguiram desde a introdução do Grupo Mundial, em 1981. Seu retrospecto em simples passaria para 27-2, colocando na 5ª posição entre os britânicos mais vitoriosos na Copa Davis.

Como ponto negativo no retrospecto, porém, suas duas únicas derrotas vieram no saibro e fora de casa. Murray perdeu em sets diretos para o italiano Fabio Fognini, em 2014, e para o suíço Stan Wawrinka, em 2005. Seu histórico no saibro na Davis indica 7-2 em simples e 2-2 nas duplas.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series