fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Agnieszka Radwanska, Australian Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Agnieszka Radwanska, Australian Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Serena Williams, Agnieszka Radwanska, Australian Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/serena/0128_ausopen_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/serena/0128_ausopen_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Serena arrasa e fica a um passo de seu 22 Slam
28/01/2016 às 01h52
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/serena/0128_ausopen_back_int.jpg" title="Serena vence 63% dos pontos disputados na partida" />

Serena vence 63% dos pontos disputados na partida

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Mais uma vez a norte-americana Serena Williams não tomou conhecimento de quem estava do outro lado da quadra. Nem mesmo a polonesa Agnieszka Radwnaksa conseguiu, na primeira semifinal desta quinta-feira, fazer frente à número 1 do mundo, que venceu mais uma sem perder sets e garantiu seu lugar na final ao marcar parciais de 6/0 e 6/4, depois de 64 minutos de partida.

A busca pelo 70º título da carreira, o 22º em Grand Slam, será contra a vencedora da segunda semifinal do dia, envolvendo a surpreendente britânica Johanna Konta e a alemã Angelique Kerber, cabeça de chave 7. Serena nunca mediu forças com a britânica de 24 anos, ao passo que contra a germânica foram seis confrontos, com cinco vitórias e uma derrota para a caçula das irmãs Williams.

Seis vezes campeã no Melbourne Park, a norte-americana vai disputar sua 26ª final de Slam, quarta maior marca da Era Aberta, atrás da norte-americana Chris Evert (34), da tcheca naturalizada norte-americana Martina Navratilova (32) e da alemã Steffi Graf (31). Serena tem um ótimo histórico em decisões de Australian Open, vencendo todas as que disputou até então.

Ela também nunca perdeu uma semifinal no torneio e começou com tudo para manter a escrita contra Radwanska. O primeiro set do duelo entre elas foi um verdadeiro massacre da líder do ranking, que dominou completamente a polonesa e não deu a mínima chance. Serena venceu 24 dos 31 pontos disputados, 18 deles com bolas vencedoras, conseguiu três quebras e anotou um "pneu".

Depois de perder os seis primeiros games da partida, a polonesa enfim conseguiu vencer um. O fato parece ter dado um pouco mais de confiança para Radwanska, que mesmo depois de ver a rival abrir 3/1, devolveu a quebra de desvantagem e chegou empatada até a reta final do set. Só que na hora da definição, Serena aproveitou os deslizes da número 4 do mundo, anotou uma quebra no nono game e sacou em seguida para fechar.

O domínio de Serena na partida foi tamanho que ela venceu 63% dos pontos disputados, sendo 42 deles em bolas vencedoras. Do outro lado, a polonesa teve apenas quatro winners, mas pelo menos também cometeu somente sete erros não forçados, contra 17 da líder do ranking. A norte-americana ainda anotou oito aces e venceu 73% dos pontos de saque, que só foi quebrado uma vez.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series