fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Jamie Murray, Radek Stepanek, Daniel Nestor, Australian OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Jamie Murray, Radek Stepanek, Daniel Nestor, Australian OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Jamie Murray, Radek Stepanek, Daniel Nestor, Australian Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0130_ausopen_commurray_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0130_ausopen_commurray_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
De virada Bruno conquista seu terceiro Grand Slam
30/01/2016 às 11h56
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0130_ausopen_commurray_int.jpg" title="Bruno e Jamie já somam dois títulos jogando juntos" />

Bruno e Jamie já somam dois títulos jogando juntos

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - Acabou a espera do mineiro Bruno Soares e do britânico Jamie Murray. Depois de baterem na trave com parceiros diferentes, os dois se juntaram e enfim levantaram a primeira taça de Grand Slam. A tão esperada conquista veio neste sábado, batendo os experientes Daniel Nestor e Radek Stepanek na final do Australian Open.

E o tão esperado título não veio de forma fácil. Bruno e Jamie saíram perdendo na decisão e tiveram que remar para virar sobre o tcheco de 37 anos e o canadense de 43. A vitória levou 2h19 e foi concretizada com o placar de 2/6, 6/4 e 7/5. O mineiro ainda pode fechar o torneio com mais uma conquista, já que também está na final de duplas mistas ao lado da russa Elena Vesnina.

Se a taça de Grand Slam nas duplas masculinas é algo inédito para o britânico e o mineiro, o mesmo não se pode dizer em relação às duplas mistas, onde ambos já têm troféus. Soares é bicampeão do US Open, vencendo em 2012 com a russa Ekaterina Makarova e em 2014 com a indiana Sania Mirza. Já Murray faturou o título de Wimbledon 2007 com a sérvia Jelena Jankovic.

A conquista de Murray e Soares em Melbourne é a quinta seguida de uma parceria diferente no torneio, algo que não se repete desde que os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan venceram o torneio entre 2009 e 2011. A partir de 2012, não houve mais repetições. Elas também não tem ocorrido nos Grand Slam, com o décimo título seguido de uma dupla diferente.

Campeões em Sydney, o mineiro e o britânico vão somar 2.000 pontos cada um no ranking individual de duplas e assumirão a primeira colocação na corrida para o ATP Finals, praticamente assegurando vaga no torneio londrino. Bruno e Jamie vão dividir uma premiação de US$ 460 mil.

Bruno teve um primeiro set para se esquecer, sendo quebrado nas duas vezes que foi ao saque. Ele e Jamie venceram apenas metade dos pontos disputados nos serviços, anotaram metade das bolas vencedoras de Stepanek e Nestor (6 a 12) e ainda jogaram quatro pontos para fora em erros não forçados contra apenas um dos adversários. 

O fraco desempenho no começo não abalou Soares, que elevou seu nível de saque e deixou o jogo parelho. O mineiro e o britânico conseguiram pressionar mais os rivais e depois de desperdiçarem seis chances de quebra enfim bateram o saque dos rivais, no quinto game. Sem novas quebras para qualquer um dos lados, Soares e Murray venceram a parcial e levaram para a terceira. 

A virada não poderia ser concretizada de maneira mais emocionante e nervosa. Jamie e Bruno tiveram uma quebra no quinto game e o britânico sacou em 5/4 para fechar, quando permitiu que Stepanek e Nestor devolvessem a desvantagem. Só que logo em seguida eles concretizaram novo break e aí foi a vez do mineiro sacar para fechar e ele não vacilou, selando a vitória.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series