fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andy Murray, Australian Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andy Murray, Australian Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Andy Murray, Australian Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0130_ausopen_coletiva_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0130_ausopen_coletiva_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
O saque vai ser muito importante afirma Djokovic
30/01/2016 às 13h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0130_ausopen_coletiva_int.jpg" title="Djokovic nunca perdeu uma final em Melbourne" />

Djokovic nunca perdeu uma final em Melbourne

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Melbourne (Austrália) - A final do Australian Open, neste domingo às 6h30 (horário de Brasília) será o 31º confronto envolvendo o sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray. O número 1 do mundo tem ampla vantagem no retrospecto, com 21 vitórias, sendo três elas também em finais no Melbourne Park, onde o vice-líder do ranking amargou quatro vice-campeonatos.

Com tantos duelos no histórico, Nole já sabe muito bem o que esperar do adversário da decisão do primeiro Grand Slam da temporada. "Não é segredo que nos conhecemos bem e nossos estilos de jogo são parecidos, mais na linha de base", comentou o atual campeão do torneio, que vai buscar sua sexta taça.

"O saque vai ser muito importante para ambos, teremos que colocar uma grande porcentagem de primeiros serviços para não permitirmos que o outro ataque na devolução. Vou enfrentar Andy em mais uma final e estou bastante empolgado por isso. Vou tentar dar o meu melhor para conquistar mais um troféu", acrescentou Djokovic.

Sobre a eletrizante semifinal entre Murray e o canadense Milos Raonic, o sérvio revelou que pouco acompanhou do jogo, ligando a TV apenas na reta final da partida. "Vi apenas o último set, quando Milos já não estava se movimentando bem. Mas eu ouvi dizerem que foi uma grande partida, em que Milos jogou muito bem enquanto esteve bem fisicamente", observou.

Embora não tenha acompanhado o jogo por inteiro, Djokovic sabe que o estilo de jogo do britânico faz qualquer um gastar muita energia e que provavelmente isso pode ter minado o físico de Raonic. "Andy é um grande tenista, vencedor de Grand Slam, que faz seus adversários chegaram ao limite físico para tentar vencê-lo. Espero uma batalha contra ele, com muitos ralis e trocas de bolas longas", finalizou o líder do ranking.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series