fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Juan Sebastian Cabal, Robert Farah, Roland GarrosCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Juan Sebastian Cabal, Robert Farah, Roland GarrosCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Juan Sebastian Cabal, Robert Farah, Roland Garrostênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/sa_guccione_rg_sentados_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/sa_guccione_rg_sentados_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Sa estreia em Roland Garros com excelente vitória
25/05/2016 às 10h46
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/duplas/sa_guccione_rg_sentados_int.jpg" title="Sá e Guccione derrubaram os cabeças de chave 13" />

Sá e Guccione derrubaram os cabeças de chave 13

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - O mineiro André Sá teve uma árdua tarefa em sua estreia em Roland Garros, enfrentando logo de cara a forte dupla colombiana de Robert Farah com Juan Sebastian Cabal. Ele e o australiano Chris Guccione ignoraram o favoritismo dos cabeças de chave 13 e triunfaram de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (7-5) e 6/3.

Iniciada na terça-feira, a estreia de Sá foi interrompida ao final do segundo set por falta de luz natural em Paris. O duelo foi retomado nesta quarta-feira, com o mineiro e o australiano mantendo o embalo. Eles concretizaram a virada ao vencer o terceiro e decisivo set, garantindo lugar na próxima rodada do torneio. 

Sá e Guccione ainda não sabem quem terão pela frente e aguardam a definição de seus próximos rivais. Eles enfrentarão os vencedores da partida que tem de um lado o espanhol Fernando Verdasco e o francês Jeremy Chardy e do outro a parceria formada pelo argentino Leonardo Mayer e pleo português João Sousa.

A vitória de Sá ajuda a abrir a chave para o também mineiro Marcelo Melo, que ao lado do croata Ivan Dodig defende o título conquistado no ano passado. Terceiros favoritos, eles poderiam enfrentar os colombianos nas oitavas. 

Outro brasileiro que esteve em ação nas duplas nesta quarta foi o gaúcho Marcelo Demoliner. Fazendo seu primeiro jogo desde o problema que teve com o antidoping, ele e o croata Marin Draganja saíram na frente, mas acabaram derrotados de virada pelo tcheco Lukas Rosol e pelo lituano Ricardas Berankis, com placar final de 6/7 (3-7), 7/6 (11-9) e 6/4.

Últimas notícias
Comentários