fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Andy Murray, Stan WawrinkaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Andy Murray, Stan WawrinkaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Andy Murray, Stan Wawrinkatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/federer/0415_montecarlo_acena_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/federer/0415_montecarlo_acena_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Patrick McEnroe ve falta de magica sem Federer
25/05/2016 às 11h21
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/federer/0415_montecarlo_acena_int.jpg" title="Federer tem o recorde de 65 Grand Slam seguidos" />

Federer tem o recorde de 65 Grand Slam seguidos

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - As primeiras rodadas de Roland Garros ainda não conseguiram empolgar os fãs de tênis que acompanham o segundo Grand Slam da temporada. Para o norte-americano Patrick McEnroe, ex-tenista profissional a ausência do suíço Roger Federer tem ajudado a deixar o torneio sem todo esse brilho nas primeiras rodadas.

Em sua conta no Twitter, o norte-americano explicou que sem Federer na chave e com o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal no mesmo lado, acaba ficando uma lacuna nos dias intercalados das partidas. De acordo do McEnroe falta algo nos dias que jogam o britânico Andy Murray e o suíço Stan Wawrinka. 

"Murray e Wawrinka não deixam os fãs na expectativa de ver algo especial, não conseguem causar a mesma coisa que Federer faz", declarou o irmão do ex-número 1 do mundo John McEnroe, que até questionou se Djokovic e Nadal possuem o mesmo apelo que o suíço 17 vezes campeão de Grand Slam.

"Talvez Rafa Nadal consiga e o sérvio Djokovic também esteja neste caminho, mas eles estão no mesmo lado da chave em Paris e sempre jogam no mesmo dia. Eles possuem brilho próprio, mas será que têm a mágica de Federer?", indagou o norte-americano.

A ausência de Federer em Paris se deu por questões físicas. O suíço sofreu com problemas nas costas antes do Masters 1000 de Madri e sequer foi disputar o torneio. Ele ainda jogou em Roma, mas não foi longe e colocou em dúvida sua participação em Roland Garros, o que acabou se confirmando por não considerar estar preparado para jogar melhor de cinco sets.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series