fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Mathias Bourgue, Ivo Karlovic Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Mathias Bourgue, Ivo Karlovic Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andy Murray, Mathias Bourgue, Ivo Karlovic tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/murray/0525_rg_joinha_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/murray/0525_rg_joinha_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Murray Espero que o proximo jogo seja mais rapido
25/05/2016 às 16h26
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/murray/0525_rg_joinha_int.jpg" title="Britânico foi ao 5º set nos dois primeiros jogos " />

Britânico foi ao 5º set nos dois primeiros jogos

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - As duas primeiras partidas de Andy Murray em Roland Garros foram ao quinto set, jogando 3h41 contra Radek Stepanek e 3h34 diante de Mathias Bourgue. Disposto a garantir uma boa participação no segundo Slam do ano depois de uma boa temporada no saibro, o britânico sabe que precisará ficar menos tempo em quadra.

"Você não pode jogar tantas partidas como esta se você quiser ir longe neste torneio. Espero ganhar o próximo seja um pouco mais rápido", disse Murray, que agora enfrenta o poderoso saque de Ivo Karlovic, a quem venceu nos seis duelos anteriores.

Murray discorreu sobre o difícil jogo contra Bourgue, que ocupa o modesto 164º lugar no ranking. "Não foi fácil, porque eu não estava batendo bem na bola por um longo período do jogo", disse após a vitória por 6/2, 2/6, 4/6, 6/2 e 6/3 nesta quarta-feira.

"Em um dado momento, eu estava com dificuldades até mesmo de fazer pontos. Sentia que minha bola sempre ia para o meio da quadra e ele fazia winners e eu não conseguia ver onde as bolas dele iam. Tive que lutar muito, mas encontrei um jeito de vencer", avaliou.

O número 2 do mundo soube usar a experiência a seu favor diante do jovem rival de 22 anos. "Em uma partida longa como a de hoje, houve períodos que meu nível caiu um pouco, mas durante cinco sets, normalmente o jogador com melhor ranking é mais sólido e consistente nos momentos mais importantes".

"Foi uma grande virada e eu já joguei partidas assim muitas vezes. Às vezes o seu adversário pode perder um pouco de concentração e talvez fazer um game ruim aqui ou ali. Eu apenas tentei lutar até o fim".

Feliz com a vitória, Murray fez questão de elogiar o jovem rival. "Mathias foi excelente. Ele ditou muitos pontos e me fazia correr mesmo no final da partida, quando eu tinha uma grande vantagem no quinto set. Ele com certeza terá um futuro fantástico".

Últimas notícias
Comentários