fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Jerzy Janowicz, US Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Jerzy Janowicz, US Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Jerzy Janowicz, US Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0728_toronto_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0728_toronto_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | US Open
Djokovic chega ao US Open preocupado com o punho
26/08/2016 às 18h25
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/djokovic/0728_toronto_back_int.jpg" title="Sérvio diz que incômodo no punho esquerdo começou antes das Olimpíadas" />

Sérvio diz que incômodo no punho esquerdo começou antes das Olimpíadas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - Em sua chegada ao US Open, Novak Djokovic segue preocupado com o punho esquerdo. De acordo com o sérvio, o incômodo começou dias antes de sua estreia no Torneio Olímpico de Tênis, em que perdeu para Juan Martin Del Potro, e pode atrapalhar no começo da disputa em Nova York.

"O punho não esteve em condições ideais nas últimas três semanas e meia", disse Djokovic. "Mas estou fazendo de tudo junto com minha equipe médica para ficar mais próximo possível de 100% no decorrer do torneio, ou pelo menos para o início".

Djokovic estreia em Nova York contra o polonês Jerzy Janowicz em data e horário a confirmar pela organização do Grand Slam americano, que começa na segunda-feira. "Ainda não estou 100%, mas estou chegando lá. Nunca tive esse tipo de lesão antes. Ainda tenho alguns dias e espero que na segunda-feira, quando tudo começa, eu possa executar meu backhand".

"Às vezes o tempo é tudo o que você precisa como um atleta", avaliou. "Mas é o US Open está logo ali, não tenho muito tempo. Tentarei compensar e improvisar o tanto quanto eu puder e encontrar a melhor maneira de ficar devidamente preparado".

A respeito de uma foto em que aparece com o braço esquerdo dentro de um tubo, o líder do ranking comentou sobre o tratamento utilizado. "Existem diferentes métodos de recuperação e um deles usa a electricidade para acelerar o processo".

O sérvio ainda foi perguntado sobre a surpreendente eliminação sofrida em Wimbledon, quando caiu diante do norte-americano Sam Querrey ainda na terceira rodada. O que mais chamou atenção dos jornalistas foram as declarações evasivas que o número 1 deu na entrevista coletiva após aquele jogo.

"É difícil voltar a falar sobre isso. Não foi nada físico, nem uma lesão. Foram outras coisas nas quais eu estava passando em particular", disse Djokovic. "Aconteceu justo naquele momento, mas já foi resolvido e a vida continua".

"Levou tempo para ficar centrado novamente. Eu joguei bem em Toronto mas tive a lesão no Rio", finalizou o sérvio que foi campeão do Masters 1000 canadense, que terminou uma semana antes de sua estreia nas Olimpíadas.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series