Notícias | Copa Davis
Satisfeito, Djokovic fica à disposição para dupla
07/04/2017 às 18h46

Apesar do desejo de Djokovic, Zimonjic sinaliza que irá poupá-lo neste sábado

Foto: Divulgação

Belgrado (Sérvia) - Em seu primeiro compromisso desde a eliminação nas oitavas do Masters 1000 de Indian Wells e recuperado de lesão no cotovelo, Novak Djokovic saiu de quadra satisfeito com a atuação que teve nesta sexta-feira ao derrotar o canhoto espanhol Albert Ramos pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis.

"Joguei contra um adversário que pode ser muito difícil se ele tiver tempo, então eu tentei não lhe dar ritmo nenhum", disse Djokovic após a derrota por 6/3, 6/4 e 6/2. "Em geral, estou muito feliz com o meu desempenho e sei que estou no caminho certo para reencontrar minha melhor forma".

Vice-líder do ranking mundial, o sérvio tem 11 vitórias e três derrotas na atual temporada e amargou uma eliminação precoce na segunda rodada do Australian Open. "Deixei de jogar meu melhor tênis nos últimos meses e foi difícil aceitar isso depois de estar no topo nos últimos seis anos. O jogo de hoje mostra que posso voltar a ter uma rotina de vitórias".

Após a boa apresentação nesta sexta-feira, Djokovic disse estar pronto até mesmo jogar duplas neste sábado. "A coisa boa é que nós temos três opções para as duplas de amanhã e qualquer um que escolhemos é capaz de definir o confronto. Se o capitão da equipe me pedir para jogar, estarei pronto".

Mas apesar da disposição de Djokovic, o experiente duplista e agora capitão da equipe da Sérvia, Nenad Zimonjic, deve poupar o ídolo local do jogo de sábado. "É ótimo que todos estejam prontos para jogar as duplas de amanhã, mas é muito improvável que arriscaremos com Djokovic. Ele acaba de se recuperar de uma lesão no cotovelo".

"Viktor e eu formamos uma parceria muito bem sucedida nesta temporada e, com toda a probabilidade, estaremos juntos novamente amanhã", acrescentou o veterano de 40 anos que disputou alguns torneios de duplas com Troicki nesta temporada e foi campeão em Sofia.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series