Notícias | Outros
IMG Academy oferece experiência enriquecedora
17/05/2017 às 00h11

Vista aerea das magníficas instalações da IMG

Foto: Divulgação

São Paulo (SP) – Há mais de 23 anos, a FLT World vem promovendo a academia do lendário técnico americano Nick Bollettieri no Brasil, oferecendo a oportunidade única aos praticantes do tênis de aperfeiçoarem seu jogo em uma conceituada academia. Treinar na Flórida com Bollettieri e sua equipe na IMG Academy é um sonho de muitos.

A academia de Bolletieri integra a IMG Academy, contando com campus de 800 mil m2, 79 quadras, condomínio júnior com casas de 3 quartos e 2 banheiros, condomínio adulto no Bollettieri Villas, restaurante, piscina olímpica e muitas outras comodidades. Localiza-se próxima de várias atrações na Flórida e está situada a 5 minutos do aeroporto de Sarasota e a 30 minutos do aeroporto de Tampa.

Um sonho que não é impossível e que muitos têm conseguido realizar. Jovens de várias partes do Brasil contam sua experiência na Flórida. Natural de Naviraí, no Mato Grosso do Sul, Enzo Brida, de 17 anos, e seu irmão Vicenzo, de 13, não se arrependem. “A IMG fornece tudo que um centro esportivo poderia dar. Desde aulas de nutrição, preparação física, aulas de 'mental conditioning' e aparelhos de recuperação”, diz Enzo. “Levei cerca de dois meses para me acostumar com o treino pesado daqui. São treinos de alto nível e com muita intensidade. Durante o ano, a IMG recebe muitos jogadores profissionais como o Kei Nishikori, a Maria Sharapova, Eugenie Bouchard. Já fui chamado muitas vezes para treinar com atletas que estão no ranking ATP ou WTA. Já joguei com o Radek Stepanek, Eugenie Bouchard, Oliver Marach, Madison Brengle e outros. São treinos que te motivam e te fazem ganhar muita experiência”, acrescenta. “Conheci pessoas de todo o mundo e um pouco de suas culturas. Quando cheguei, tive um companheiro de quarto que era da Rússia. Foi uma experiência muito boa porque eu aprendi um pouco de uma cultura diferente.”

O irmão Vicenzo achou muito interessante a convivência com outras nacionalidades também. “Conheci pessoas de todo o mundo e sei que esse network me ajudará muito no futuro. Além de aprender o inglês fluentemente, também tenho conhecimento do espanhol e francês com meus amigos.”

Os pais Fabiano e Lucia Brida não têm do que reclamar. “O Enzo iniciou em agosto de 2014 e o Vicenzo, em janeiro de 2016. O desenvolvimento foi surpreendente na área técnica, mental, física, cultura e educação. O jogo deles hoje é bem mais consistente, devido ao intenso treinamento que a escola proporciona. O acompanhamento mental é algo que fez muita diferença dentro das quadras e fora delas. Eles estão sendo muito bem preparados para estar nas quadras, saber se portarem perante qualquer adversário. Estamos satisfeitos em ver o desenvolvimento de nossos filhos na IMG.”

André Karvelis Franco, de 13 anos, aponta a vantagem de morar dentro da academia. “É muito prático. A proximidade das quadras, da escola e dos centros de treinamento é muito eficiente.” André conta como é sua programação diária. “Acordo às 7 da manhã e vou de bicicleta para a escola, que começa as 7h45. Almoço às 12h45 na escola, volto para casa, me troco e vou para o treino, que começa à 13h30 e vai até as 17h30. Volto para casa, jogo um pouco de vídeogame, faço minha tarefa, janto e vou dormir.”

Tanto André quanto o irmão João Pedro, de 15 anos, tiveram a chance de disputar torneios. “No ano passado, representei o Brasil em um torneio internacional (Little-Mo) em Palm Beach, com a participação de mais de 50 países”, diz André. João Pedro, por sua vez, disputou a chave principal do Eddie Herr, um dos principais torneios juvenis do mundo, por dois anos consecutivos. O mesmo relata Enzo Brida: “Durante o ano, faço várias viagens para competir em outros países. São experiências inesquecíveis. Só neste ano eu viajei a 12 países e competi com pessoas de todo o mundo.” João Pedro Karvelis Franco conta que em abril fez duas viagens. “Participei de dois torneios internacionais em Guadalupe e Martinica. Viajei com um treinador da IMG e mais 8 jogadores.” Para João Pedro, há um diferencial no trabalho da equipe da IMG. “Principalmente porque no Brasil o foco era maior em drills com bola parada. Aqui, temos mais situações de jogo.”

Sobre a adaptação em um novo país, todos são unânimes em afirmar que não é um grande problema. “Para mim foi muito tranquila. Morei com um mexicano e tenho muitos amigos brasileiros, isso fez com que encarássemos esse desafio juntos. Sempre tem aquele problema de comida e costumes diferentes, mas me adaptei bem. As pessoas que trabalham aqui te ajudam muito na sua adaptação”, exemplifica Felipe Filho, de 17 anos, natural de Apucarana. Felipe conta como viver fora foi enriquecedor. “Esta experiência me ajudou a crescer não só como atleta, mas como pessoa também. Aprendi muitas coisas aqui. Uma das principais foi como lidar com pessoas de outros países. Achei muito boa a experiência. Eu estou aqui já fazem dois anos e oito meses.”

Marcelo e Mayra Karvelis Franco contam porque decidiram enviar os filhos para os Estados Unidos. “A principal razão foi poder conciliar o estudo com o esporte. No Brasil, é muito difícil fazer bem as duas coisas. Visitamos várias academias antes de nos decidirmos pela IMG. A estrutura da academia é incomparável e a combinação da formação acadêmica com o desenvolvimento esportivo também pesou muito na decisão.”

Qual dica esses jovens dariam para quem sonha em morar, estudar e treinar nos Estados Unidos? Enzo Brida resume: “Treine muito, estude muito e o mais importante: nunca desista dos seus sonhos.” Enzo pensa em cursar uma faculdade nos Estados Unidos e sonha em ser um top 10 do mundo.

Flávio Lima representa a IMG Academy no Brasil e tem uma longa história ligada ao tênis. Seu avô foi um dos melhores técnicos do Brasil em 1944. Seu pai foi treinador por mais de 44 anos do Clube Atlético Monte Líbano, um dos mais importantes de São Paulo. Tios e primos também são treinadores. 

Aos 20 anos, Flávio participou e trabalhou no programa da Nick Bollettieri Tennis Academy (NBTA). A partir de 1993, começou a levar grupos de alunos seus para a academia de Bollettieri. Desde 1997, representa oficialmente a academia no Brasil. A NBTA oferece treinamento semanal, anual e em grupos, de acordo com a  necessidade de cada um. Contatos com a FLT World podem ser feitos pelo e-mail flavio@flt.com.br ou pelo celular/whatsapp (16) 99157-3552.

Veja as fotos
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis