Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal prega respeito a Paire: 'Ele é perigoso'
27/05/2017 às 13h29

Nadal venceu os dois jogos anteriores que fez contra o francês

Foto: Divulgação

Paris (França) - Nove vezes campeão de Roland Garros, Rafael Nadal prega respeito ao advrsário de estreia em Paris. O espanhol será desafiado pelo francês Benoit Paire, 45º do mundo e dono de seis vitórias contra top 10.  

"Ele não é um adversário que você quer enfrentar logo na primeira rodada. É um jogador com grande talento, com um bom saque, habilidoso e com um fantástico backhand. Ele é um adversário perigoso", disse Nadal, que venceu os dois duelos anteriores contra o francês de 28 anos.

Durante a preparação para Roland Garros, Nadal venceu dezessete jogos e perdeu apenas um, conquistando os títulos em Monte Carlo, Madri e Barcelona e caindo nas quartas de final em Roma.

"Eu estou feliz com a maneira como estou jogando desde o início da temporada. Acho que joguei bem em quase todos os torneios que estive", avalia o número 4 do mundo, que já disputou seis finais no ano.

"Joguei bem na quadra dura e ainda melhor no saibro. Estou feliz com os três títulos que ganhei, que foram muito importantes para mim", comentou o espanhol, que é o jogador que mais pontuou na temporada e é o primeiro na corrida por vaga no ATP Finals.

Sobre a derrota para Dominic Thiem em Roma, a única sofrida no saibro este ano, Nadal avalia que o desgaste mental foi muito mais determinante que o físico.

"Em Roma, eu estava um pouco cansado mentalmente, senti mais isso do que cansaço físico. Vinha de muitos dias seguidos jogando com intensidade muito alto. Estou muito feliz pela maneira como cheguei até aqui e agora eu tenho que jogar bem". 

Nadal acumula um excelente retrospecto com 72 vitórias e apenas duas derrotas em Paris. No ano passado, ele abandonou a disputa antes de entrar em quadra pela terceira rodada, por lesão no punho. "Eu me sinto em casa porque tenho um ótimo relacionamento com todo mundo que trabalha aqui". 

É sempre bom ver as pessoas com quem passei muitos dias na minha vida, avaliou o espanhol, que está fazendo sua 13ª participação consecutiva. "Eu só tenho a agradecer a eles por tudo que fizeram por mim. Eu me sinto ótimo a cada vez que eu tenho a chance de estar de volta aqui e ver todos eles".

Comentários