Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Para Nadal, a única obsessão é por jogar melhor
29/05/2017 às 17h56

Nadal aprovou desempenho, mas diz que o saque pode melhorar

Foto: Divulgação

Paris (França) - Os três títulos de Rafael Nadal durante a temporada de saibro e a possibilidade da décima conquista em Roland Garros não são suficiente para mudar o foco do espanhol. Para ele, a única obsessão é por jogar cada vez melhor.

"Não estou particularmente obcecado com qualquer outra coisa que não seja jogar o meu melhor tênis. Então veremos o que vai acontecer", disse Nadal, após sua estreia em Roland Garros. "Darei meu máximo, que é o que sempre faço a cada treino e a cada jogo".

Após a boa vitória por 6/1, 6/4 e 6/1 sobre Benoit Paire, o espanhol avalia que jogou bem, mas que o saque pode melhorar. "Para mim, é importante sacar um pouco melhor do que o que fiz hoje. Sinto que em alguns momentos eu não estava sacando tão bem. De resto, estou feliz com meu desempenho".

O próximo adversário de Nadal será o holandês Robin Haase, a quem derrotou nos dois embates anteriores. "Eu o conheço muito bem e ele me conhece muito bem. É um adversário perigoso e que bate muito forte na bola. Preciso estar muito focado nos meus games de serviço porque devolver o saque dele pode ser difícil".

Comentários