Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Djokovic confirma e se aproxima de Connors
31/05/2017 às 11h08

Djokovic avança à terceira rodada pelo 12º ano consecutivo

Foto: Site oficial

Paris (França) - Assim como na estreia, o sérvio Novak Djokovic não levou sustos e avançou pelo 12º ano consecutivo para a terceira rodada de Roland Garros, ao derrotar com muita autoridade o português João Sousa, com as parciais de 6/1, 6/4 e 6/3, após 2h07.

Seu adversário de sexta-feira será o 'baixinho' argentino Diego Schwartzman, especialista no piso, que teve algum trabalho para superar o italiano Stefano Napolitano, por 6/3, 7/5 e 6/2. Os dois se enfrentaram uma única vez no US Open de 2014 com fácil vitória de Djokovic.

Esta foi a vitória de número 231 em torneios de Grand Slam para o sérvio, que fica assim a apenas duas da marca de Jimmy Connors e deve se transformar ainda em Roland Garros como o segundo maior vencedor da história, atrás somente do suíço de Roger Federer, que tem 314.

Ao mesmo tempo, Djokovic chega a 57 triunfos no saibro parisiense e também fica perto de igualar os 58 do argentino Guillermo Vilas e ficar atrás de Federer (65) e Rafael Nadal (73).

A quarta vitória seguida sobre Sousa - para quem só havia perdido 16 games em oito sets - poderia ter sido ainda mais breve. Muito firme no fundo da quadra e jogando a maior parte do tempo em cima da linha, Djokovic atropelou no primeiro set e teve quebra à frente no começo do segundo.

Só então deu pequena vacilada, perdendo o serviço e animando o português, que conseguiu maior sucesso na tática de encurtar os pontos com bolas mais retas e profundas. Djokovic controlou bem a situação, sacou firme e abriu os importantes 2 a 0. O terceiro set foi um pouco mais arrastado, com games longos e um Djokovic irritado com seus erros, a ponto de jogar a raquete com força no chão. Mas escapou dos break-points e concluiu com nova quebra.

Comentários