Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Muguruza reclama do público e chora na coletiva
04/06/2017 às 17h04

Muguruza não conseguiu conter as lágrimas

Foto: Divulgação

Paris (França) - Acabou neste domingo a defesa do título da espanhola Garbiñe Muguruza em Roland Garros. A campeã de 2016 não conseguiu passar pela francesa Kristina Mladenovic, parando nas oitavas de final do torneio. A frustração pela eliminação não foi o único sentimento ruim que ela encarou no dia, reclamando bastante do comportamento do público durante a partida. 

"Foi duro, mas entendo eles. Apenas acho que deveriam ter um pouco mais de respeito, incluindo durante a partida, porque tive que parar algumas vezes por causa disso. O juiz de cadeira teve que falar várias vezes com a torcida. Não estou aqui para criar inimigos, adoro jogar aqui, mas não é uma boa sensação a que tenho agora", disse a espanhola. 

Muguruza chegou a interromper a entrevista coletiva por não segurar o choro, mas se recuperou depois e seguiu a conversa com os jornalistas. "Foi uma partida como se fosse Fed Cup e não esperava por isso, ainda mais por eu ser a atual campeã", afirmou a atual número 5 do mundo, que perderá pelo menos nove posições no ranking com a queda prematura. 

Apesar disso, ela vê um lado positivo e um alívio que acaba com o fim de sua campanha no saibro parisiense. "Todo mundo vai parar de chatear com perguntas sobre este torneio, querendo saber como será defender os pontos. Vou poder seguir adiante", comentou a espanhola, que também elogiu sua algoz. "Mladenovic foi bem nos momentos importantes e eu não consegui encontrar meu jogo", finalizou.

Comentários