Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Djokovic mostra alegria com a grande reação
04/06/2017 às 19h32

Djokovic venceu cinco duelos feitos contra Thiem

Foto: Site oficial

Paris (França) - O sérvio Novak Djokovic gostou da forma com que reagiu neste domingo após ter grandes dificuldades no primeiro set diante do canhoto Albert Ramos. O atual campeão avançou pela 11ª vez às quartas de final de Roland Garros e espera um jogo ainda mais difícil diante do austríaco Dominic Thiem.

O top 10 está em grande momento, porém jamais venceu Djokovic em cinco tentativas, tendo levado uma surra de 6/1 e 6/0 em Roma dias atrás. "Claro que o fato de nunca ter perdido para um adversário ajuda um pouco na parte mental. Mas não será tão decisivo assim. Acredito que ele irá à quadra pensando em algo especial", afirma o número 2 do ranking.

"Fiz uma grande partida em Roma, o que certamente me motiva, porém aqui as coisas são diferentes. É um Grand Slam, são melhor de cinco sets. Ele deve estar mais motivado do que nunca, então acredito que vai jogar o seu melhor".

Djokovic admitiu ter tido um início irregular contra Ramos neste domingo. "Eu não larguei como eu gostaria. Ele começou muito sólido e foi um primeiro set muito equilibrado", analisou. "Estou satisfeito porque consegui ganhar aquele tiebreak. Depois disso, fiquei mais solto, mais confiante".

A partir do momento que o volume de seu jogo cresceu, Djokovic diz ter se sentido mais à vontade. "Especialmente no segundo set, fiz as coisas muito bem no fundo de quadra. Variei mais e não o deixei na zona de conforto. Acho que consegui criar dúvidas na cabeça dele".

Sobre a ausência do técnico Andre Agassi, que conforme acordo voltou para os Estados Unidos, o sérvio mostrou bom humor: "Espero que ele só tenha visto o segundo e terceiro sets".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series