Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Thiem tenta evitar queda de rendimento na semi
07/06/2017 às 18h14

Austríaco desafia Rafael Nadal na semifinal de Roland Garros

Foto: Arquivo

Paris (França) - Depois de eliminar Novak Djokovic nas quartas de final de Roland Garros, Dominic Thiem foi questionado se ele já se sente pronto para conquistar seu primeiro título de Grand Slam. O jovem austríaco de 23 anos, entretanto, tem cautela para pensar em suas chances e quer evitar a queda de rendimento.

"Até hoje, sempre que eu venci um adversário top, eu joguei pior na partida seguinte. Então espero poder melhorar isso", disse Thiem após a vitória por 7/6 (7-5), 6/3 e 6/0 sobre Djokovic nesta quarta-feira em Paris.

Thiem já passou por essa situação duas vezes na atual temporada. Ele eliminou Andy Murray na semifinal de Barcelona e não repetiu o desempenho contra Rafael Nadal no dia seguinte. Isso também aconteceu quando ele bateu o próprio Nadal nas quartas em Roma e foi amplamente dominado por Djokovic na semi.

"É muito difícil conquistar um Grand Slam. Venci o Novak hoje e na sexta-feira eu jogo contra o Nadal. Se chegar à final, enfrentaria mais um adversário top. É por isso que ganhar um Slam é uma conquista tão difícil", avalia o atual número 7 do mundo.

Esta é a segunda semifinal de Roland Garros seguida para o jovem austríaco, que se prepara para enfrentar Rafael Nadal. "É ótimo para eu estar na semifinal novamente e defender a do ano passado. Na sexta-feira terá o adversário mais difícil de todos em Roland Garros.

Thiem e Nadal se enfrentaram três vezes durante a temporada de saibro com duas vitórias espanholas. "Vai ser minha quarta partida contra ele em cinco ou seis semanas, não temos grandes segredos, e ele está em sua melhor forma. Então, vai ser o jogo mais difícil que se possa imaginar".

O austríaco, que conseguiu a primeira vitória em seis jogos contra Djokovic, destaca seu desempenho nos pontos mais importantes do jogo desta quarta-feira. "Acho que o jogo de hoje teve alguns pontos-chave. Eu poderia facilmente ter perdido o primeiro set, que foi muito longo e equilibrado".

"Então, no início do segundo eu estava com 0-30, confirmei o saque e quebrei no primeiro game de serviço dele. E no terceiro set, eu também conseguir quebra-lo logo no primeiro game de saque", disse Thiem.

"Não mudei meu estilo de jogo. Apenas tive uma estatística positiva entre winners e erros, o que nunca havia acontecido contra ele antes", comentou o jogador que fez 38 winners e cometeu 28 erros.

Comentários