Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Dois jovens chilenos furam o quali de Wimbledon
29/06/2017 às 18h34

Aos 21 anos, Christian Garin disputará seu primeiro Grand Slam

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A quinta-feira foi especial para o tênis chileno. Os jovens de 21 anos Christian Garin e Nicolas Jarry venceram seus jogos pela rodada final do qualificatório de Wimbledon e asseguraram suas vagas no Grand Slam britânico.

Garin lutou por 3h38 para superar o australiano John-Patrick Smith por 4/6, 7/6 (9-7), 4/6, 6/4 e 12-10. Por sua vez, Jarry virou o jogo contra o norte-americano Dennis Novikov com parciais de 4/6, 6/3, 6/4 e 6/4.

Enquanto Jarry, 182º do ranking, disputa o segundo Grand Slam da carreira, já que também havia furado o quali em Roland Garros, o 218º colocado Garin participará pela primeira vez da chave principal de um dos quatro maiores torneios do mundo.

A rodada desta quinta-feira ainda encerrou o sonho do britânico Marcus Willis. Sensação na edição passada do torneio, quando foi desde o pré-quali até a segunda rodada da chave principal, Willis perdeu na última rodada do quali para o ucraniano Illya Marchenko por 6/4, 6/1 e 7/6 (7-4).

Dois veteranos de 31 anos que já eliminaram favoritos também furaram o quali. Algoz de Rafael Nadal em 2012, o tcheco Lukas Rosol venceu o barbadiano Darian King por 6/4, 3/6, 6/3 e 6/4. Já o ucraniano Sergiy Stakhovsky, que superou Roger Federer em 2013, venceu nesta quinta-feira o japonês Tatsuma Ito por 6/3, 6/7 (1-7), 6/7 (6-8), 6/4 e 8/6.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series