Notícias | Dia a dia | US Open
Federer oscila e precisa de nova vitória em 5 sets
31/08/2017 às 19h31

Após vencer a 17ª contra Youzhny, suíço encara o espanhol Feliciano López

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Pela primeira vez na carreira, Roger Federer precisou disputar dois jogos de cinco sets nas rodadas iniciais de um Grand Slam. Em mais uma jornada de altos e baixos, o suíço precisou de 3h06 para derrotar o russo Mikhail Youzhny, ex-número 8 e atual 101º do ranking, por 6/1, 6/7 (3-7), 4/6, 6/4 e 6/2.

A vitória mantém o perfeito retrospecto de Federer, que venceu todos dos dezessete encontros com Youzhny, em série iniciada no ano 2000 em Estocolmo. Agora, o suíço de 36 anos enfrentará mais um freguês, já que venceu os doze jogos anteriores contra Feliciano López que levou a melhor no duelo espanhol cotra Fernando Verdasco por 6/3, 6/2, 3/6 e 6/1.

O início de partida indicava uma tranquila vitória do suíço. Federer pressionava desde as devoluções sempre que Youzhny não colocava o primeiro serviço. A estratégia agressiva rendeu oito pontos em onze possíveis no segundo saque do russo e duas quebras seguidas para abrir 5/0 e administrar a vantagem no set inicial.

O suíço diminuiu um pouco a intensidade no início da parcial seguinte e foi quebrado logo no game de abertura. Rapidamente, o pentacampeão reagiu no jogo, chegando a vencer quatro games seguidos e liderar o set por 5/3, deixando a partida novamente sob controle.

Sacando para o set, acumulou erros não-forçados e isolou um forehand quando enfrentou um break point. A inconsistência do ex-número 1, que fez 20 erros não-forçados só no segundo set, continuava no tiebreak e custou caro e Youzhny anotou pontos importantes em winners de backhand para empatar o jogo.

Youzhny ganhou confiança e cedeu apenas oito pontos nos games de saque durante o terceiro set, sendo somente dois quando colocou o primeiro serviço em quadra. O russo sequer enfrentou break points e seguiu contando com os altos e baixos do suíço, que errou dezessete golpes. O ex-top 10 também aproveitou o segundo saque do suíço para anotar oito pontos em quinze possíveis, com direito a três winners de devolução, e conseguiu a quebra no quinto game.

O jogo voltou a mudar no quarto set, quando Youzhny recebeu a visita do fisioterapeuta, mas não chegou a solicitar os três minutos de atendimento. O russo sacava cada vez mais lento e tinha sua mobilidade reduzida. Federer reduziu o número de erros para onze e quebrou logo no quarto game. Depois de falhar na chance de fechar o set, o suíço voltaria a quebrar para forçar o quinto set.

A última parcial acabou sendo meramente protocolar. Youzhny tinha nítida desvantagem física e oferecia pouquíssima resistência. Não faltou luta ao russo, que salvou dois break points para confirmar o serviço em um game de nove minutos. Era questão de tempo para que Federer, que só perdeu dois pontos em seu saque, obtivesse a primeira quebra no sexto game e a segunda um pouco depois.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series