Notícias | Top Spin
Aposentado, Benjamin Becker quer terminar curso
20/09/2017 às 21h53

Alemão de 36 anos decidiu completar seus estudos nos EUA

Foto: Arquivo

Dallas (EUA) – Depois de encerrar em junho a carreira de 12 anos no circuito profissional, o alemão Benjamin Becker decidiu completar seus estudos na Baylor University onde vai cursar o último semestre de Administração.

“Eu já tinha isso na minha cabeça. Com minha contusão no quadril, que ocorreu em outubro em Viena, eu não pude me preparar como queria na pré-temporada deste ano. Em Wimbledon, sabia que não conseguiria passar o quali do US Open e desde então sabia que queria parar no fim do ano, era uma boa época para isso.”

Cerca de um mês depois de parar na 2ª rodada do quali de Wimbledon, o alemão decidiu voltar aos estudos. Paralelamente, Becker atua como técnico voluntário da equipe de tênis de sua universidade.

Becker vai se formar no meio do ano que vem. Ele passa a semana estudando e trabalhando com sua equipe e dirigindo de Waco a Dallas nos fins de semana para estar com sua esposa e os dois filhos. Becker tem orgulho do que conseguiu em 12 anos de carreira.

“Acho que estive umas dez vezes no top 100. Este era o meu objetivo e jogar os grandes torneios. Ter feito isso de forma sólida e ter me mantido entre os 100 melhores é algo que me deixa muito orgulhoso, além do fato de ter podido jogar por tanto tempo.”  

Becker fez melhor ainda. Esteve no top 40 por três vezes (2007, 2009, 2014), apesar de duas cirurgias no cotovelo em 2011 que o afastaram das competições por sete meses. Dono de 153 vitórias em nível ATP e de um título na elite do circuito obtido na grama holandesa de 's-Hertogenbosch em 2009, o alemão também foi conhecido por aposentar dois ex-líderes do ranking, Andre Agassi em 2006 e Carlos Moyá em 2010.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis