Notícias | Dia a dia
Stefani cai para favorita, mas segue nas duplas
21/09/2017 às 19h36

Stefani deverá ter o melhor ranking da carreira na próxima semana

Foto: Arquivo

Tampico (México) - Depois de ter passado pelo qualificatório e ainda avançado uma rodada na chave principal, Luisa Stefani foi eliminada nas oitavas de final do ITF de US$ 100 mil (mais hospedagem) no piso duro de Tampico, no México. Nesta quinta-feira, Stefani perdeu para a norte-americana de 21 anos Louisa Chirico, 163ª do ranking e que já ocupou o 58º lugar, por 6/3 e 6/1.

Por ter vencido três jogos no torneio, Stefani deve ganhar em torno de duzentas posições no ranking. Atual 809ª colocada, a jovem paulista de 20 anos recebe seis pontos do qualificatório e mais 14 pela chave principal. Como não tem resultados a defender pelo resto da temporada, ela deve superar a melhor marca da carreira, que foi o 652º lugar, obtido em julho.

Após o domínio das sacadoras nos quatro primeiros games, Stefani teve uma oportunidade de quebra, mas não a aproveitou. Na sequência, foi Chirico quem teve break points, mas a jovem paulista manteve o serviço ao sustentar bem as trocas do fundo. Entretanto, a americana conseguiria a quebra dois games mais tarde e fechou a porta quando foi ameaçada na hora de fechar o set.

A jovem paulista não conseguiu manter o nível no segundo set. Depois de salvar três break points na abertura a parcial, Stefani foi quebrada três vezes e perdeu seis games seguidos, além de ter vencido apenas quatro pontos no saque de sua adversária.

Já no torneio de duplas, Stefani e sua parceira norte-americana Usue Arconada garantiram lugar na semifinal após vencerem a também americana Irina Falconi e a britânica Naomi Broady por 6/2 e 6/3 na quarta-feira à noite. As adversárias na semi podem ser a americana Caroline Dolehide e a argentina Maria Irigoyen ou a parceria da mexicana Victoria Rodriguez com a americana Mara Schmidt.

Dona de cinco títulos de duplas na carreira, sendo quatro deles só este ano, Stefani é a atual 287ª no ranking da modalidade e já chegou a ocupar o 210º lugar em julho. A campanha rende 55 pontos que a reaproxima do grupo das 250 melhores do mundo. Ela pode entrar pela primeira vez no top 200 de duplas em caso de título.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis