Notícias | Dia a dia
Melo vence a primeira com Zverev e vai enfrentar Sá
27/09/2017 às 09h59

Melo vai encarar Sá pela 14ª vez no circuito

Foto: Divulgação

Shenzhen (China) - Pela primeira vez jogando ao lado do alemão Alexander Zverev, com quem construiu uma amizade nos últimos anos de circuito, o mineiro Marcelo Melo se deu bem e estreou com vitória no ATP 250 de Shenzhen. Eles levaram a melhor sobre o chileno Hans Podlipnik-Castillo e o bielorrusso Andrei Vasilevski com parciais de 7/6 (7-5) e 6/4.

Nas quartas de final, Melo vai encarar um outro amigo, mas sete de longa data. O próximo adversário da dupla germânico-mineira será o mineiro André Sá, que tem ao seu lado o israelense Dudi Sela, com quem teve trabalho para superara a estreia, batendo o tcheco Roman Jebavy e o holandês Matwe Middelkoop com o placar final de 7/5, 5/7 e 13-11.

Será a 14ª vez que os dois mineiros medirão forças no circuito e a vantagem atual é de Melo, que tem apenas uma vitória a mais do que Sá, levando a melhor no retrospecto por 7 a 6. Na última vez que eles se enfrentaram, neste ano em 's-Hertogenbosch, o ex-número 1 do mundo saiu de quadra vitorioso.

Melo e Zverev largaram bem no primeiro set e chegaram a abrir 3/0 no marcador, só que eles não mantiveram a vantagem até o fim e levaram a quebra de volta no sétimo game. A definição foi então para o tiebreak, no qual o mineiro e o alemão viram os rivais abrirem 4-2, mas depois eles venceram cinco games e perderam um só para levar a parcial.

No segundo set, a parceria germânico-mineira perdeu break-points no primeiro e terceiro games. Entretanto as três chances desperdiçadas não fizeram falta, já que eles conseguiram bater o saque de Podlipnik-Castillo e Vasilevski no nono game, sacando em seguida para concretizar a vitória e garantir a vaga nas quartas.

"Ficamos felizes por ter ganho. Afinal, fazia mais de um ano que falávamos de um dia jogar uma dupla juntos. Estamos aproveitando este momento, pois não sabemos quando teremos uma oportunidade como esta novamente. É sempre legal poder jogar com um amigo”, afirmou Marcelo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis