Notícias | Dia a dia
Ostapenko minimiza desgaste, Muguruza elogia algoz
28/09/2017 às 19h29

Semifinalista em Wuhan, a letã já acumula oito vitórias seguidas

Foto: Divulgação

Wuhan (China) - Com oito vitórias seguidas e vinda de título em Seul, Jelena Ostapenko minimiza o desgaste em seu caminho até a semifinal do WTA Premier de Wuhan. A letã conseguiu uma boa vitória sobre a número 1 do mundo Garbiñe Muguruza e se sente confiante para a sequência no torneio.

"Fiz muitos jogos nos últimos dias desde Seul, mas acho que é ainda melhor seguir jogando porque eu fico mais confiante. Vou tentar me recuperar o máximo que puder hoje e espero poder jogar bem amanhã", disse Ostapenko após a vitória por 1/6, 6/3 e 6/2.

"Às vezes, na verdade, é melhor quando você não tem muito tempo para se preparar. Às vezes você se prepara muito bem, chega vários dias antes do torneio e perde a primeira rodada", explica a letã que subirá para o oitavo lugar do ranking e pode atingir a sexta posição em caso de título.

"Quando você vem de outro torneio, especialmente no meu caso que ganhei o título, fica mais confiante. Quando eu cheguei para o primeiro jogo que eu pensei 'Ok, o que vou fazer?' Farei o meu melhor e o que acontecer, aconteceu'. Então, eu fui ganhando e agora estou na semifinal".

A letã terminou o jogo com 29 winners contra 11 de Muguruza e acredita que evoluiu durante a partida. "No primeiro set, acho que realmente não estava encaixando meu jogo. Então no segundo e terceiro set, eu comecei a partir para definir os pontos e variar a direção das bolas. Acho que isso me ajudou muito".

Em busca da segunda final seguida, Ostapenko encara a australiana Ashleigh Barty, 37ª colocada aos 21 anos, a quem derrotou no único duelo anterior. A partida está marcada para às 6h30 (de Brasília) desta sexta-feira. "Eu joguei contra ela este ano em Roma. É uma grande jogadora e ainda muito jovem. Epero poder mostrar o meu melhor amanhã e fazer uma boa partida".

Superada por Ostapenko nesta quinta-feira, Muguruza preferiu enaltecer a atuação de sua algoz em vez de lamentar por sua condição física. A espanhola precisou de atendimento para a perna esquerda antes do terceiro set e teve dificuldades na movimentação durante a parcial decisiva.

"Eu acho que ela jogou de forma muito agressiva. Ela deu ótimos golpes e especialmente nos momentos mais importantes, acho que ela escolheu muito bem as jogadas", disse Muguruza. "Eu estava tentando fazer o meu jogo, obviamente. Foi uma partida muito equilibrada, com três sets e acho que ela está apenas jogando muito bem e com muita confiança".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis