Notícias | Dia a dia
Sharapova retorna em Pequim e revê última algoz
29/09/2017 às 13h34

Sharapova foi campeã do torneio chinês em 2014

Foto: Arquivo

Pequim (China) - Em seu primeiro compromisso desde o US Open, Maria Sharapova reencontra a última algoz. Convidada para participar do WTA Premier de Pequim, onde foi campeã há três anos, a ex-número 1 e atual 104ª do ranking encara a letã Anastasija Sevastova, 18ª colocada e responsável por eliminar a russa do Grand Slam americano.

Caso consiga a revanche, Sharapova pode enfrentar a compatriota Ekaterina Makarova ou uma rival vinda do quali. Número 2 do mundo, Simona Halep é uma possível adversária nas oitavas. A romena estreia contra a americana Alison Riske e depois jogaria contra a canadense Eugenie Bouchard ou a eslovaca Magdalena Rybarikova.

No mesmo quadrante está a polonesa Agnieszka Radwanska, cabeça 11 e bicampeã do tonreio em 2011 e no ano passado. Radwanska estreia contra uma jogadora do quali e depois teria uma segunda rodada difícil contra Yulia Putintseva ou Shuai Zhang e pode cruzar o caminho de Svetlana Kuznetsova nas oitavas.

Ainda na parte de baixo da chave, a tchea Karolina Pliskova é cabeça 4 e estreia contra a espanhola Carla Suárez. A ex-número 1 do mundo pode enfrentar a campeã do US Open Sloane Stephens nas oitavas de final. A letã vencedora de Roland Garros Jelena Ostapenko e a britânica Johanna Konta também estão neste setor.

Do outro lado da chave, Garbiñe Muguruza faz seu terceiro torneio como número 1 do mundo. Campeã na capital chinesa em 2015, a espanhola estreia contra a tcheca Barbora Strycova e pode enfrentar Coco Vandeweghe nas oitavas. Algozes de Muguruza no US Open e em Tóquio, Petra Kvitova e Caroline Wozniacki são suas possíveis rivis nas quartas.

Outro quadrante na parte de cima do quadro é encabeçado pela ucraniana Elina Svitolina, que estreia contra a chinesa Lin Zhu e pode enfrentar a russa Elina Svitolina nas oitavas. A alemã Angelique Kerber reencontra a japonesa Naomi Osaka, contra quem perdeu no US Open e venceu em Tóquio, e pode cruzar o caminho de Dominika Cibulkova nas oitavas.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis