Notícias | Dia a dia
Em Hong Kong, Pavlyuchenova levanta a 11ª taça
15/10/2017 às 18h33

Pavlyuchenkova venceu de virada a final

Foto: Divulgação

Hong Kong (China) - A russa Anastasia Pavlyuchenkova comemorou neste domingo sei 11º título na carreira e o terceiro na temporada. No duelo com a australiana Daria Gavrilova na final do WTA de Hong Kong, envolvendo as cabeças de chave 6 e 7, respectivamente, ela levou a melhor de virada, com parciais de 5/7, 6/3 e 7/6 (7-3).

Com a conquista, Pavlyuchenkova irá ganhar três colocações no ranking, indo para o 18º lugar, ainda abaixo da melhor marca já alcançada, a 13ª posição. Do outro lado, Gavrilova irá se manter no 22º posto, dois abaixo do melhor da carreira.

O duelo que definiu a campeã em Hong Kong foi marcado pela chuva, que atrasou o início da disputa, causou paralisações e fez o jogo acabar apenas à 1h da madrugada de segunda-feira, depois de 3h11 de confronto.

"Neste exato momento eu estou exausta. Mas como venci o título também estou muito feliz. Foi uma grande partida, muito dura e disputada", analisou a russa de 26 anos, que deu o troco em Gavrilova, já fora derrotada pela australiana na única vez que haviam se cruzado pelo circuito, no ano passado em Moscou.

"A partida não foi fácil para o mental, pois já pela manhã não sabíamos se conseguiríamos jogar ou não. Mas no final o jogo foi realizado, dei tudo de mim e consegui chegar até aqui (o título)", festejou Pavlyuchenkova, que em 2017 também levou as taças em Rabat e Monterrey.

Na próxima semana as duas finalistas podem se reencontrar no Premier de Moscou, onde Pavlyuchenkova foi campeã em 2014. "Amanhã eu já viajo para Moscou, onde devo jogar já na terça-feira. Espero me recuperar bem para o torneio", comentou a russa, que só irá enfrentar Gavrilova novamente em uma eventual semifinal.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis