Notícias | Dia a dia
Goerges conquista Moscou e supera Kerber no ranking
21/10/2017 às 09h56

Alemã de 28 anos venceu seu primeiro título desde 2011

Foto: Divulgação

Moscou (Rússia) - Depois de perder as três primeiras finais que disputou este ano, Julia Goerges voltou a conquistar um título neste sábado. A alemã de 28 anos venceu o WTA Premier de Moscou ao marcar 6/1 e 6/2 sobre a russa Daria Kasatkina na final e levantou seu terceiro título na carreira.

Goerges não vencia um torneio desde abril de 2011, quando foi campeã no saibro de Stuttgart. Antes disso, ela tinha vencido o torneio de Bad Gastein no ano anterior. Deste então, a alemã perdeu seis finais, sendo três na atual temporada, em Mallorca, Bucareste e Washington.

Ex-top 15 e atual 27ª do ranking, Goerges voltará ao grupo das vinte melhores jogadoras do mundo, o que não acontecia desde fevereiro de 2013. Ela também irá ultrapassar a compatriota Angelique Kerber para se tornar pela primeira vez a número 1 do tênis feminino alemão.

Já Kasatkina, que poderia entrar pela primeira vez no top 20 em caso de título, sobe do 28º para o 25º lugar, ficando a uma posição de igualar o melhor ranking da carreira.

A jovem russa de 20 anos tentava seu segundo título de WTA, depois de ter vencido o Premier de Charleston no início do ano. Ela também poderia dar a quarta conquista seguida para o país em Moscou, depois de um título de Anastasia Pavlyuchenkova em 2014 e um bicampeonato de Svetlana Kuznetsova nos últimos dois anos.

A partida de apenas 1h06 deste sábado começou com amplo domínio de Goerges. A alemã venceu os cinco primeiros games e terminou o set inicial com 15 winners contra apenas três da jogadora da casa, além de ter perdido apenas quatro pontos em seu saque.

Kasatkina esboçou uma reação no início do segundo set ao confirmar o serviço com facilidade e criar três oportunidades de quebra, mas não as aproveitou e acabou perdendo o saque no game seguinte. Goerges seguiu agressiva e não deixava a jovem russa respirar. A alemã voltaria a quebrar o saque da anfitriã e terminaria o jogo com incríveis 33 bolas vencedoras contra só treze da russa.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis