Notícias | Dia a dia
Muguruza passa tranquila por Ostapenko na estreia
22/10/2017 às 11h13

Vitória de Muguruza tira Ostapenko da disputa pelo número 1

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - Assim como já havia acontecido na partida que abriu a roadada deste domingo, o segundo jogo do Grupo Branco do WTA Finals também foi definido de maneira tranquila. A espanhola Garbiñe Muguruza precisou de apenas 1h25 para marcar as parciais de 6/3 e 6/4 contra a letã Jelena Ostapenko em Cingapura.

Esta foi a terceira vitória de Muguruza em quatro jogos contra Ostapenko. De quebra a número 2 do mundo devolveu a derrota sofrida no mês passado em Wuhan. Além disso, o resultado impede que Ostapenko tenha chances matemáticas de terminar o ano na liderança do ranking mundial.

Com o resultado, Muguruza termina o primeiro dia de disputas do Finals em segundo lugar no grupo, apenas três games atrás de Karolina Pliskova. A espanhola e a tcheca se enfrentam na próxima terça-feira e a vencedora ficará muito perto da vaga na semifinal. Ainda que Pliskova lidere o retrospecto por 6 a 2, Muguruza levou a melhor no último encontro em Cincinnati.

Já Ostapenko busca a recuperação contra Venus Williams, que fez apenas quatro games contra Pliskova neste domingo. Quem perder ficará em situação delicada no grupo e precisará torcer pela algoz da primeira rodada para ter chances de classificação. Venus venceu o único duelo anterior contra a letã de 20 anos.

Muguruza parecia mais adaptada às condições mais lentas da quadra no início da partida ao vencer os dois primeiros games, mas Ostapenko conseguia mandar em alguns pontos quando encaixava boas devoluções. Em duas oportunidades, a letã se recuperou da desvantagem de uma quebra, mas a irregularidade da tenista que fez dez erros não-forçados no primeiro set contra apenas cinco da espanhola custou-lhe a perda de três games seguidos que definiram a parcial.

O segundo set seguia ainda mais tranquilo para Muguruza. A campeã de Wimbledon controlava as ações do fundo de quadra e encaixou bons primeiros saques. Com duas quebras seguidas e sem ter o serviço ameaçado, a ex-número 1 abriu larga vantagem ao vencer uma série de cinco games. Quebrada na primeira vez que sacou para o jogo, a espanhola soube administrar a boa vantagem construída e aproveitou sua segunda chance de vencer.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis