Notícias | Dia a dia
Venus vira e volta à decisão do Finals após 8 anos
28/10/2017 às 12h57

Venus jogará com Wozniacki por título e nº 3

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - A norte-americana Venus Williams mostrou mais uma vez que apesar dos 37 anos completados em junho ainda vem jogando um grande tênis. Neste sábado, a ex-número 1 teve trabalho com a francesa Caroline Garcia, perdeu o primeiro set e teve colocar para fora todo seu poder de reação, vencendo de virada com parciais de 6/7 (3-7), 6/2 e 6/3, em 2h29 de jogo.

Campeã em 2008, Venus voltará a disputar uma decisão no WTA Finals após oito anos, um a menos do que esperou sua adversária pelo título, a dinamarquesa Caroline Wozniaki, que depois de sete temporadas irá novamente para a final do torneio e segue em busca de uma conquista inédita.

O duelo não valerá apenas a taça do torneio, mas também o posto de número 3 do mundo neste fim de temporada. A campeã irá ultrapassar a tcheca Karolina Pliskova no ranking e fechará 2017 atrás apenas da romena Simona Halep (1ª) e da espanhola Garbiñe Muguruza (2ª), ao passo que a vice ficará no quinto lugar.

Se depender do retrospecto o favoritismo é todo de Venus, que levou a melhor nos sete confrontos anteriores com a dinamarquesa, o último deles nas oitavas de final em Miami, dois anos atrás. Para piorar, Wozniacki só conseguiu tirar um set da experiente norte-americana em todos estes duelos.

Garcia começou melhor e foi a primeira a quebrar, mas não ficou na frente por muito tempo, já que a norte-americana devolveu o break prontamente. Contudo, a francesa teve mais oportunidades no saque de Venus, inclusive com um set-point no décimo game, mas ela não conseguiu nova quebra e só foi fechar a parcial inicial no tiebreak.

Venus entrou mais focada para o segundo set e passou a erra bem menos, o que lhe rendeu vida mais fácil. Ela saiu abrindo 3/0 e administrou a vantagem sem sustos, ampliando a diferença com nova quebra para fechar a parcial e empatar. O ritmo seguiu o mesmo no terceiro set, que foi definido com um break na reta final para a ex-número 1.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis