Notícias | Dia a dia
'Ótima maneira de fechar o ano', celebra Wozniacki
29/10/2017 às 19h24

Wozniacki vai terminar o ano como número 3

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - A temporada de 2017 não foi a temporada mais vitoriosa da dinamarquesa Caroline Wozniakci, mas foi aquela em que a ex-número 1 do mundo faturou seu maior título até então. E a conquista veio na última semana do ano, levantando a taça do WTA Finals, com uma firme vitória neste domingo sobre a norte-americana Venus Williams.

"Estou orgulhosa pela semana que tive, joguei muito bem, lutei bastante e demonstrei um belo tênis. Levar estre troféu significa muito para mim e é uma ótima maneira de fechar o ano", festejou a dinamarquesa, que chegou a anotar três 'pneus' na fase de grupos e fez grandes apresentações tanto na semifinal contra a tcheca Karolina Pliskova, como na decisão.

Wozniacki vai ganhar três lugares no ranking e fechará o ano como número 3 do mundo, tendo conquistado em 2017 dois de seus 27 títulos. Apesar da grande temporada, a dinamarquesa já teve outras com mais troféus, as duas melhores em 2010 e 2011, quando terminou na liderança da WTA.

Apesar do ótimo desempenho na final, a tenista de Odense levou um susto no final do segundo set, quando chegou a abrir 5/0 e viu Venus depois vencer quatro games seguidos. "A torcida começou a ir para o seu lado, claramente porque queria uma partida mais longa. Eu me forcei a lembrar que estava na frente por méritos próprios e que podia sim fechar o jogo", contou Wozniacki.

"Eu tinha 5/0 de vantagem e tudo estava indo bem, mas de repente Venus elevou o seu nível de jogo. Ela foi para as bolas e passou a sacar no meu corpo. Fico feliz de ter lidado com a situação e vencido no final", acrescentou a dinamarquesa, que depois de sete derrotas para Venus conseguiu enfim uma vitória.

"Oito é o meu número da sorte! Eu esperava conseguir ao menos uma vez derrotá-la e isso aconteceu hoje. Fui para quadra e simplesmente dei o meu melhor. Consegui devolver muitos saques contra uma jogadora que saca muito bem e ainda consegui colocar um pouco de pressão nessas devoluções. Foi importante também tentar cortar os ângulos e pegar as bolas na subida", analisou.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis