Notícias | Dia a dia
Azarenka não poderá acompanhar equipe em Minsk
07/11/2017 às 18h11

Azarenka acompanhou a equipe de Belarus na semifinal contra a Suíça

Foto: Arquivo

Minsk (Belarus) - Desfalque na equipe de Belarus que enfrenta os Estados Unidos na final da Fed Cup neste fim de semana em Minsk, Victoria Azarenka sequer poderá ir ao seu país natal e acompanhar de perto a disputa de suas compatriotas pelo título inédito. A bielorrussa ainda está envolvida em disputa judicial pela guarda do filho Leo, de dez meses, e não pode sair da Califórnia.

"Como vocês já devem ter visto, eu não poderei fazer parte da final da Fed Cup este ano", disse Azarenka, por meio de comunicado. "Isso é algo de partir o coração para mim á que não terei a chance de jogar e ajudar Belarus na final, mas infelizmente toda a situação da custódia faz com que eu tenha que ficar na Califórnia".

Azarenka esteve acompanhando suas compatriotas em Minsk durante a vitória no confronto contra a Suíça, em abril, pela fase semifinal da competição e agora irá torcer pelas companheiras pela tv. "Ainda que eu não esteja em Minsk para a final, meu coração estará sempre com meu país e com minha equipe e vou torcer por elas à distância".

Ex-número 1 do mundo e campeã de dois Grand Slam, a jogadora de 28 anos conseguiu voltar às quadras antes do previsto após o nascimento do filho. Ela pretendia retornar ao circuito em agosto, mas já esteve em quadra em junho, jogando em Mallorca e Wimbledon. Depois disso, o término do relacionamento com Billy McGee, pai de Leo, e disputa pela guarda da criança a fizeram desistir dos torneios de Stanford, Cincinnati e do US Open, antes de encerrar precocemente a temporada.

"Sei que foi um ano muito difícil para mim, mas já estou ansiosa por 2018 para jogar diante dos meus fãs em breve. Gostaria de expressar minha profunda gratidão pelas mensagens de apoio que recebo a cada dia. Vou voltar melhor e mais forte do que nunca!"

Sem poder contar com Azarenka, a equipe da casa aposta na nova geração. As jovens jogadoras Aryna Sabalenka, Aliaksandra Sasnovich, Vera Lapko terão a companhia da estreante duplista Lidziya Marozava. Já o time americano tem a nova integrante do top 10 CoCo Vandeweghe, a campeã do US Open Sloane Stephens, além de Shelby Rogers e Alison Riske. Todos os ingressos para os dois dias de disputa na Arena Chizhovka, que tem capacidade para 8.807 pessoas, já foram vendidos.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis