Notícias | Dia a dia
Belarus tenta inédita conquista, EUA buscam 18ª Fed
09/11/2017 às 18h00

As bielorrussas Sabalenka e Sasnovich tentam dar o 1º título ao país

Foto: Divulgação

Minsk (Belarus) - A dois dias do início das disputas das finais da Fed Cup, a cidade de Minsk vive a expectativa de um feito histórico para as jogadoras da casa. Afinal, Belarus tenta se tornar o primeiro país a vencer a vencer a competição exatamente no ano em que debutou no Grupo Mundial da competição.

Em 55 anos de história da Fed Cup, apenas onze nações foram campeãs. Dezessete dessas conquistas pertencem aos Estados Unidos, que enfrenta as bielorrussas neste fim de semana em busca de um título que não vem desde o ano 2000.

Desde a adoção do atual formato em 1995, nunca um país conseguiu ser campeão no ano em que debutou na divisão de elite. Até mesmo se forem considerados regulamentos anteriores da competição, que era disputada em sede única e sem divisões de acesso, o único título de um país estreante era obviamente o da edição inaugural, em 1963, vencida pelos Estados Unidos.

Belarus também pode se tornar o primeiro país a conquistar o título depois de vencer todos os três confrontos em casa, já que as vitórias anteriores contra Holanda e Suíça também foram em Minsk. As bielorrussas, aliás, não perdem um confronto de Fed Cup desde fevereiro de 2014, ainda pelo Zonal do Grupo I e derrotaram nove países no caminho até a final.

A equipe da casa está desfalcada de sua principal jogadora, a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka, e aposta na nova geração. As jovens jogadoras Aryna Sabalenka, Aliaksandra Sasnovich, Vera Lapko terão a companhia da estreante duplista Lidziya Marozava. Já o time americano tem a nova integrante do top 10 CoCo Vandeweghe, a campeã do US Open Sloane Stephens, além de Shelby Rogers e Alison Riske.

Maiores campeões da Fed Cup, os Estados Unidos vão disputar a final da competição pela 29ª vez. As norte-americana perderam as últimas três finais em que estiveram, em 2003 para a França e no biênio entre 2009 e 2010 para a Itália. A última vez que o país foi campeão fora de casa foi em 1989, quando elas venceram a Espanha em final disputada no Japão.

Ao longo da vitoriosa história dos Estados Unidos na Fed Cup, Kathy Rinaldi tenta se tornar a oitava capitã diferente a colocar seu nome na galeria de campeãs da Fed Cup. Rinaldi também pode ser a primeira mulher a capitanear uma equipe vencedora da competição desde 1990, quando Billie Jean King comandou o time norte-americano.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis