Notícias | Dia a dia
Keys: 'Ainda me dói ter perdido a final do US Open'
28/12/2017 às 16h33

Keys diz ter tirado lições do vice em Nova York

Foto: Arquivo

Davenport (EUA) - A norte-americana Madison Keys teve em 2017 a chance de conquistar o maior título da carreira, chegou à final do US Open, mas acabou derrotada pela compatriota Sloane Stephens. Embora lembre com carinho da campanha em Nova York, a amarga derrota por 6/3 e 6/1, em apenas 61 minutos, ainda assola a vice-campeã.

"Foi uma semana incrível, vendo em perspectiva tenho que ter muito orgulho de ter chegado na final do US Open. Mas ainda me dói muito ter perdido aquele jogo", declarou Keys para o Quad-City Times. "Aproveitei bastante aqueles dias, sabia o que fazer em cada momento difícil, mas quando perdi a concentração na final fiquei fora de jogo e as coisas não funcionaram", lamentou.

A atual 19 do mundo tirou lições importantes da derrota em Nova York e espera se consolidar entre as principais jogadoras do circuito. "Estou motivada para trabalhar e me colocar novamente em uma situação como aquela e poder aproveitar outra chance como que tive em Flushing Meadows para tentar ganhar", afirmou Keys.

Como começou a temporada de 2017 lesionada e foi jogar só em Indian Wells, ela irá somar tudo que conseguir nos dois primeiros meses de 2018. "Não tenho pressão alguma, estou animada pelo retorno da temporada e espero conquistar muitos pontos", disse a norte-americana, que destacou neste ano ter reencontrado o prazer pelo tênis.

"Fazia muito tempo que não aproveitava do tênis, porque estava jogando com dor. Em nova York voltei a curtir minha paixão por este esporte. Realmente adoro jogar tênis e isso é algo que estará presente comigo em toda a próxima temporada", pontuou a tenista de 22 anos.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis