Notícias | Dia a dia | Australian Open
Depois de chegar ao número 1, Halep quer um Slam
13/01/2018 às 15h13

Halep coloca a intensa disputa pelo topo do ranking em segundo plano

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de finalmente atingir o objetivo de chegar à liderança do ranking mundial, Simona Halep já estabeleceu uma nova meta para a próxima temporada. A romena quer um título de Grand Slam e vai iniciar a busca pelo troféu mais importante da carreira no Australian Open. Para isso, a jogadora de 26 anos quer se tornar cada vez mais completa dentro de quadra.

"Estou mais relaxada, curtindo mais meu tempo em quadra. Às vezes tento mudar algo no meu jogo, para ajustar e melhorar", disse Halep em entrevista coletiva neste sábado em Melbourne.

"Tenho mais um objetivo: ganhar um Grand Slam. Se acontecerá em um dia, eu não sei. Agora estou me concentrando no meu jogo. Eu realmente quero melhorar e evoluir naquilo que não estava tão bom", acrescentou a romena que já disputou duas finais de Grand Slam, ambas no saibro de Roland Garros.

Halep garante que o fato estar no topo do ranking não lhe traz uma carga extra de pressão. "Ser a número 1 é especial para mim. É bom estar nesta posição, pela minha experiência e por tudo que aconteceu", explica a romena que teve perdeu as três primeiras chances de assumir a liderança, antes de conseguir o feito.

"Eu não sinto a pressão, estou me sentindo bem. E estou pronta para começar", assegura a romena, que caiu ainda na estreia das duas últimas edições em Melbourne. "Cada partida de um Grand Slam é difícil. Nada muda que eu seja a número 1, a número 2 ou a número 3. Estou ansiosa para iniciar o torneio e dar o meu melhor".

Durante o Australian Open, Halep terá cinco concorrentes na disputa pela primeira posição do ranking. A romena tem a liderança ameaçada por Caroline Wozniacki, Karolina Pliskova, Garbiñe Muguruza, Elina Svitolina e Jelena Ostapenko, mas afirma que essa questão fica em segundo plano. "Sobre o ranking, não importa mais o que vai acontecer. Claro, quero permanecer no topo o maior tempo possível, mas não farei nada que seja motivado apenas por esse motivo".

A estreia de Halep em Melbourne será contra a promessa local de 17 anos e 193ª do ranking Destanee Aiava. "Eu ouvi meu treinador, porque ele é australiano. Ouvi dizer que ela é uma jogadora muito jovem e talentosa. Então, será um grande desafio. Não é fácil jogar contra uma australiana em casa", disse a romena treinada por Darren Cahill. "Mas eu já passei por situações como essa várias vezes, então estou pronta para enfrentá-la. Veremos na quadra o que vai acontecer. Eu não quero ver muito sobre o jeito que ela joga e vou tentar resolver os problemas dentro de quadra".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series