Notícias | Dia a dia | Australian Open
Venus não acha que jogou mal e lamenta chaves duras
15/01/2018 às 09h25

Venus perdeu para Kerber e Bencic nas estreias de Sydney e Melbourne

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Eliminada ainda na estreia do Australian Open, Venus Williams não acredita que fez uma partida ruim diante de Belinda Bencic nesta segunda-feira. Finalista da competição no ano passado, a norte-americana de 37 anos e número 5 do mundo preferiu enaltecer a superioridade da jovem rival de apenas 20 anos.

"Ela jogou bem. Não acho que joguei uma partida ruim. Ela apenas foi superior acima e tenho que dar-lhe o crédito por isso", disse Venus após a derrota por 6/3 e 7/5 em Melbourne. "Ainda não vi as estatísticas. Mas como eu disse, eu não joguei tão mal, eu não estava errando a cada bola. Simplesmente não funcionou", explicou a americana que cometeu 28 erros não-forçados.

Venus também lamentou a falta de sorte com as chaves nos dois primeiros torneios da temporada. Além de encarar uma ex-top 10 no Grand Slam australiano, ela também caiu diante da ex-número 1 Angelique Kerber logo em sua estreia no WTA Premier de Sydney.

"Tive duas chaves difíceis. Você tem que começar imediatamente a jogar bem. Apenas não tive a melhor sorte em termos de me adaptar rapidamente para começar a temporada, mas ainda tenho o resto do ano pela frente", complementou a experiente jogadora que disputou duas finais de Grand Slam e também foi vice no WTA Finals em 2017. "O ano passado é o ano passado. Este é um novo ano. Você não pode viver no ano anterior. É impossível".

Algoz de Venus depois de ter perdido os quatro duelos anteriores, Bencic comemorou a grande atuação que teve. "Acho que estava pensando muito nas partidas anteriores. Nos primeiros jogos, acho que respeitei demais e jogava com muito cuidado e segurança", avaliou a jovem de 20 anos.

"Desta vez, eu realmente tentei entrar em quadra e bater forte na bola. E também usar uma tática inteligente. É muito difícil jogar com ela. Você realmente precisa estar no limite do seu jogo e dar tudo o que você tem. Eu tentei fazer isso hoje", comentou a suíça, que agora enfrenta a tailandesa
Luksika Kumkhum.

Ex-número 7 do mundo, Bencic teve lesões nas costas e no punho nos dois últimos anos e chegou a sair do top 300 em setembro. A suíça conseguiu uma boa escalada em torneios menores e já está na 78ª posição. "Estou feliz por voltar a jogar. Passei muito tempo fora e não podia esperar para voltar. Então isso significa muito".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series