Notícias | Dia a dia | Australian Open
Wawrinka diz que ainda sente dor, mas pode jogar
16/01/2018 às 07h43

Suíço não disputava uma partida desde Wimbledon e estreou com vitória em Melbourne

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de fazer seu primeiro jogo desde Wimbledon, Stan Wawrinka deu suas impressões sobre como se sentiu em quadra após sua estreia no Australian Open. Recuperado de lesão no joelho esquerdo, que o fez passar por duas cirurgias e ficar seis meses sem jogar, o suíço aprovou o desempenho na estreia, mas disse que ainda sente um pouco de dor.

"É ótimo voltar e é ótimo vencer. Foi uma partida dura em todos os aspectos do jogo. Mas, em geral, estou muito feliz em conseguir fazer um jogo como esse e lutar do jeito que fiz hoje, para ganhar um jogo assim", disse Wawrinka após a vitória por 6/3, 6/4, 2/6 e 7/6 (7-2) sobre o lituano Ricardas Berankis nesta terça-feira.

"Ainda sinto um pouco de dor. Depende da maneira como estou me movimentando, mas em geral, estou no caminho certo", tranquilizou o suíço. "Essa é a melhor notícia. Saber que o joelho está aguentando e que eu posso jogar uma partida, mesmo com o estresse e a pressão. O joelho não fica mais se mexendo mesmo depois de três horas, então está ótimo".

Wawrinka foi questionado se terá que reduzir o calendário para evitar lesões. Mas por enquanto, o jogador de 32 anos pretende manter sua sequência normal de torneios. "Veremos. Não acho que vou mudar muito. O plano é exatamente o oposto: Jogar um pouco mais se o joelho estiver aguentando, porque eu não joguei por seis meses".

"O primeiro passo foi vir até aqui e ver que eu era capaz de jogar. Ganhei o primeiro jogo e vou me concentrar no torneio. Sei que depois disso, eu tenho muito trabalho para fazer. Preciso ser muito paciente porque tenho muitos treinos pela frente se quiser voltar ao meu nível. Mas acho que há muitas coisas positivas agora", explicou o número 8 do mundo, que enfrenta na segunda rodada o norte-americano Tennys Sandgren.

Comentários