Notícias | Dia a dia | Australian Open
Ucraniana é a mais nova na 3ª rodada em 21 anos
17/01/2018 às 00h23

Kostyuk é a atual campeã juvenil do Australian Open

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Sensação deste Australian Open, a ucraniana Marta Kostyuk, de apenas 15 anos, escreveu mais uma página de sua breve história no tênis. Atual campeã juvenil do torneio, ela se tornou a mais jovem tenista a alcançar a terceira rodada de um Grand Slam nos últimos 21 anos ao bater, nesta quarta-feira, a atleta da casa Olivia Rogowska em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5.

A última jogadora a ir tão longe em um dos quatro principais torneios da temporada foi a croata Mirjana Lucic-Baroni, que alcançou tal fase no US Open de 1997. Já em solo australiano, ninguém tão nova chegou tão longe desde 1996, quando a suíça Martinda Hingis foi até as quartas de final no Melbourne Park.

"Eu me sinto normal com tudo isso", disparou jovem ucraniana, sem se espantar com as marcas alcançadas. "Estou feliz. Na verdade, não senti que fui bem em quadra hoje", acrescentou a exigente Kostyuk, que pode ter pela frente a compatriota Elina Svitolina, cabeça de chave número 4, que precisa antes confirmar o favoritismo contra a tcheca Katerina Siniakova.

Kostyuk tem a carreira gerenciada pelo croata Ivan Ljubicic, que também é treinador do suíço Roger Federer, com quem a ucraniana ainda não teve a oportunidade de bater bola. "Ivan é um cara importante para mim, acompanha os meus jogos e depois deles me fala tudo o que fiz de errado, até quando eu venço", brincou a jovem tenista.

"Ele me passa sua experiência", acrescentou a jogadora de apenas 15 anos, que falou sobre seu breve contato com Federer. "Nos falamos umas duas vezes e ele foi legal comigo", comentou Kostyu, que entrou na chave através do qualificatório e atualmente é a 521ª do mundo. Ela dará uma disparada no ranking, ganhando mais de 270 colocações com a campanha neste Australian Open.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series