Notícias | Dia a dia | Australian Open
Delpo reconhece que foi difícil suportar o calor
18/01/2018 às 10h02

Del Potro espera atuar em condições mais amenas na próxima rodada

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Após a vitória sobre o russo Karen Khachanov pela segunda rodada do Australian Open, Juan Martin del Potro reconhece que foi muito difícil jogar em dia tão quente como esta quinta-feira. Diante de uma onda de calor em Melbourne, o argentino espera atuar em condições mais amenas na sequência do torneio.

"Foi muito difícil jogar hoje", disse Del Potro após a vitória por 6/4, 7/6 (7-4), 6/7 (0-7) e 6/4, em jogo de 3h49. "Quase 40 graus é muito pesado para a saúde. Nós fizemos um grande esforço para apresentar um bom tênis, mas as condições climáticas estavam muito altas para jogar. Vocês puderam ver pelo público. Ninguém estava lá assistindo onde batia sol".

"Mas fiz um grande esforço e segui no torneio. Vou jogar de novo depois de amanhã, espero que em diferentes condições", acrescentou o argentino que agora enfrenta o tcheco Tomas Berdych por vaga nas oitavas de final em Melbourne.

"Será um desafio muito difícil para mim. Tomas é um dos jogadores que tem capacidade de vencer qualquer adversário. Quando ele está se sentindo bem, é um cara muito perigoso", complementa o número 10 do mundo, que tem cinco vitorias e três derrotas contra o tcheco.

Delpo está voltando ao Australian Open depois de quatro anos. Ele passou por três cirurgias no punho esquerdo entre meados de 2014 e o início de 2015 e preferiu iniciar suas duas últimas temporadas só no ATP americano de Delray Beach, disputado no final de fevereiro. Por conta disso, ele foi perguntado se tem recordações de jogar em um dia tão quente.

"Acho que em muitos anos eu joguei aqui as condições eram parecidas, mas hoje eu tinha que ser mentalmente forte o suficiente para aguentar o sol. Eu vi meu oponente em muito boa forma durante toda a partida. Eu não poderia mostrar minhas condições para ele", explicou. "Joguei bem em momentos importantes da partida, e essa foi a chave".

Comentários