Notícias | Dia a dia
WTA Finals será disputado na China até o fim de 2028
18/01/2018 às 12h05

Dez edições do evento serão em Shenzhen e premiação será dobrada

Foto: Arquivo

Shenzhen (China) - A cidade chinesa de Shenzhen será sede do WTA Finals durante dez anos. A entidade que comanda o circuito feminino chegou a um acordo que fará com que o torneio que reúne as oito melhores jogadoras da temporada seja realizado na China entre 2019 e 2028. 

Entre as promessas dos chineses está a construção de um novo estádio coberto, com capacidade para 12 mil pessoas, e uma premiação recorde. Serão distribuídos US$ 14 milhões durante cada uma das dez edições do evento, o dobro do que é oferecido atualmente.

"É um grande prazer anunciar que a dinâmica cidade de Shenzhen foi escolhida para sediar a WTA Finals para a próxima década", disse Steve Simon, CEO e presidente da WTA. "Isso será facilmente o maior e mais significativo acordo do WTA Finals em 45 anos desde que a WTA foi fundada e promete levar o evento a um novo patamar".

Shenzhen será a décima cidade diferente a receber o torneio com as oito melhores jogadoras da temporada. Durante as três primeiras décadas, os Estados Unidos concentraram a competição em Nova York (em 1997 e também entre 1979 e 2000), Los Angeles (entre 1974 e 1976, e também entre 2002 e 2005), Boca Raton (1972 e 1973) e Oakland (1978).

O evento também já passou pela Alemanha com uma edição na cidade de Munique em 2001 e voltaria à Europa para duas edições em Madrid, nos anos de 2006 e 2007. A cidade de Doha, no Qatar, sediou três edições entre 2008 e 2010, seguida por três anos em Istambul. As últimas quatro edições aconteceram em Cingapura, que receberá o evento pela última vez em outubro deste ano.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis