Notícias | Dia a dia | Australian Open
Edmund e Carreño vencem batalhas de mais de 3h
19/01/2018 às 03h33

Vitória de Edmund contra Basilashvili, pela terceira rodada, foi apertada e definida apenas no quinto set

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Os dois primeiros jogadores a conseguirem vaga nas oitavas de final do Australian Open tiveram que suar bastante nesta sexta-feira tórrida em Melbourne. Tanto o britânico Kyle Edmund quanto o espanhol Pablo Carreño ficaram mais de três horas dentro de quadra para chegar às suas respectivas vitórias.

Edmund foi o que mais tempo gastou, batalhando por 3h38 com o georgiano Nikoloz Basilashvili, em partida definida apenas no quinto set, com placar final de 7/6 (7-0), 3/6, 4/6, 6/0 e 7/5. Agora, o britânico espera pelo vencedor do confronto entre o grandalhão croata Ivo Karlovic e o italiano Andreas Seppi.

O quarto set desta disputa, apesar de ter terminado em um 'pneu' do britânico, não foi nada fácil e teve duração semelhante aos dois anteriores. O segundo game, que definiu a quebra que abriu o caminho para Edmund, levou 20 dos 36 minutos da parcial, contou com 15 'iguais' e um total de 36 pontos jogados.

Um pouco mais rápida foi o triunfo de Carreño, que levou 3h21 para superar o luxemburguês Gilles Muller em quatro set, definidos com parciais de 7/6 7-4), 4/6, 7/5 e 7/5. O próximo oponente do espanhol cabeça de chave número 10 vai sair da partida envolvendo o croata Marin Cilic, sexto pré-classificado, e o norte-americano Ryan Harrison.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series