Notícias | Dia a dia | Australian Open
Dimitrov se torna o maior búlgaro em Melbourne
19/01/2018 às 05h24

Dimtrov conseguiu sua revanche com Rublev

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Grigor Dimitrov se tornou nesta sexta-feira o búlgaro com mais vitórias em simples na história do Australian Open. Para alcançar tal marca, ele teve que lutar para superar a inconsistência na partida contra o russo Andey Rublev, que também não foi regular, vencendo após 3h07 e com o placar final de 6/3, 4/6, 6/4 e 6/4.

O terceiro pré-classificado garantiu assim vaga nas oitavas de final em Melbourne e terá um páreo duríssimo pela frente na competição. Dimtrov aguarda pelo vencedor de um jogaço entre o ídolo local Nick Kyrgios e o francês Jo-Wilfried Tsonga, que se enfrentam na rodada noturna desta sexta. O búlgaro tem dois triunfos e uma derrota contra o australiano e quatro derrotas contra o francês.

A vitória conquistada diante de Rublev foi a 19ª de Dimitrov no primeiro Grand Slam da temporada, que o coloca como o búlgaro de maior sucesso no evento. Até então, ele estava empatado com a compatriota Manuela Maleeva, ambos com 18 resultados positivos no Melbourne Park, mas agora o número 3 do mundo é o líder isolado.

Semifinalista no ano passado, o tenista de Haskovo sofreu com as duplas faltas, cometeu 15 na partida e 13 aces. Do outro lado, Rublev não deixou barato e também errou bastante no saque, desperdiçando 13 pontos em duplas faltas. Apesar do número destacável, eles ficaram longe do recorde de 26 do suíço Marc Rosset, anotado na primeira rodada de Wimbledon em 1995.

Quebrado logo no primeiro game, o búlgaro conseguiu dar a volta por cima e faturou o set inicial por 6/3. Na segunda parcial foi a vez dos papéis se inverterem, com Rublev perdendo o saque logo de cara e precisando correr atrás do prejuízo. Assim como fez o rival anteriormente, o russo não apenas devolveu o break, mas anotou mais um para assim empatar o jogo.

As duas parciais seguintes foram marcadas por irregularidade de ambos os lados e alguns erros bobos. Dimitrov fez valer a maior experiência e jogou um pouco melhor do que o russo nos momentos importantes, faturou o terceiro e quarto sets para conquistar sua revanche contra Rublev, que fora seu algoz no último US Open, o derrubando então na segunda rodada.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series